Armstrong segura Pulcini e abre vantagem para vencer corrida 2 da F3 na Hungria

Marcus Armstrong segurou as investidas de Leonardo Pulcini e partiu para uma vitória tranquila na corrida 2 da Fórmula 3 na Hungria. O piloto está na quarta colocação do campeonato, mas Robert Shwartzman segue na liderança. Brasileiros Pedro Piquet e Felipe Drugovich não pontuaram

A temporada 2019 da Fórmula 3 viu mais um piloto entrar para o grupo dos que venceram corridas. Neste domingo (4), Marcus Armstrong dominou a segunda corrida na Hungria e venceu com mais de 12s de vantagem para Leonardo Pulcini em Hungaroring. 
 
A única ameaça aconteceu ainda na primeira volta, quando Pulcini chegou a tocar Armstrong enquanto buscava espaço para ultrapassar. Depois, abriu. Pulcini foi mesmo segundo colocado e teve Jake Hughes na terceira colocação, completando o pódio. 
Corrida 2 na Hungria (Foto: F3/Twitter)

O resto do top-10 foi formado Jüri Vips, Christian Lundgaard, Yuki Tsunoda, Jehan Daruvala, Logan Sargeant, Liam Lawson e Bent Viscaal.

 
Entre os pilotos brasileiros, Felipe Drugovich brigava pelo pódio quando foi tocado pelo líder do campeonato, Robert Shwartzman, e abandonou com um pneu furado. Pedro Piquet terminou a corrida na 27ª colocação. 
 
Mesmo com a corrida arruinada pela batida em Drugovich, Shwartzman lidera com 124 pontos contra Vips, que tem 112, e Daruvala, com 104. Piquet tem 43 tentos e é o nono do campeonato, enquanto Drugovich tem oito e é o 16º. 
 
O campeonato volta no fim de semana da Bélgica, nos dias 31 a 1º de setembro.


 
Paddockast #27
Schumacher e Vettel: UNIDOS POR UM RECORDE

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube