Campeão da Euroformula, Drugovich fecha acordo com Carlin e disputa temporada 2019 da nova FIA F3

Aos 18 anos, o brasileiro Felipe Drugovich dá mais um passo adiante na sua carreira nas pistas e vai disputar a temporada 2019 da FIA F3, novo nome da antiga GP3. O piloto vai correr pela tradicional equipe Carlin, que atua também em categorias como a F2 e até mesmo a Indy

Dono de 14 vitórias em 16 corridas, dez poles e o título da Euroformula em 2018, Felipe Drugovich dá mais um passo além em sua carreira no automobilismo. Nesta quinta-feira (14), o brasileiro de 18 anos foi anunciado como um dos pilotos da Carlin para a disputa da temporada 2019 da FIA F3, novo nome da antiga GP3. Assim, Drugovich vai ficar ainda mais próximo dos olhos da F1, uma vez que a nova FIA F3 vai integrar o cronograma do Mundial em oito etapas realizadas na Europa.
 
Drugovich vai ter a chance de competir pela britânica Carlin, uma das mais importantes e tradicionais equipes das categorias de base do automobilismo. O time, pelo qual correu Sergio Sette Câmara na F2 no ano passado, também tem atuação na Indy, do outro lado do Atlântico.
 
Além de Drugovich, a Carlin já anunciou o japonês Teppei Natori, piloto do programa de desenvolvimento de pilotos da Honda. A expectativa é que a terceira vaga seja completada por London Sargeant, que foi o primeiro norte-americano campeão mundial de kart, em 2015.

Campeão com autoridade da Euroformula, Felipe Drugovich vai defender a Carlin na FIA F3 (Foto: Reprodução/Twitter)

O brasileiro foi recebido com muito prestígio pelo fundador da equipe, Trevor Carlin. “Estamos muito empolgados por dar as boas-vindas a Felipe à equipe depois da fantástica performance que ele teve na Euroformula na temporada passada”.

 
“Ele certamente impressionou muita gente, inclusive a nós, com sua velocidade e consistência ao longo do ano, então não posso esperar para ver o que ele pode alcançar em um novo campeonato na FIA F3. Estamos ansiosos para começar com o pé direito no primeiro teste”, complementou.
 
Felipe comemorou a chance de dar o próximo passo na carreira e a oportunidade de defender uma das equipes mais fortes da base em meio a um grid competitivo, como o que promete ser o da nova FIA F3.
 
“Estou muito feliz por me unir à Carlin para este novo desafio tanto para equipe como para mim. A Carlin me recebeu muito bem, e é simplesmente um início incrível de uma grande jornada. A Carlin sempre foi uma das equipes que eu sempre quis trabalhar e agora vou ser parte disso, então agora é hora de fazer as coisas acontecerem juntos”, completou.
 
Os primeiros testes com os novos carros da FIA F3 estão marcados para o dia 20 de fevereiro em Magny-Cours, na França. A temporada 2019 vai começar em 11 de maio com a abertura da rodada dupla da Espanha, em Barcelona, no mesmo fim de semana da etapa espanhola da F1.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube