Hughes evita aproximação de Norris e vence corrida 2 da F3 Euro em Nürburgring. 17º, Piquet não pontua

Jake Hughes segurou Callum Illott e Lando Norris em diferentes momentos da corrida para vencer a segunda corrida da F3 Euro em Nürburgring. Foi a primeira vitória dele na categoria na qual é novato

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Depois de uma vitória impressionante de Lando Norris na manhã do sábado para ampliar a liderança do campeonato, neste domingo (10) foi um marinheiro de primeira viagem que cruzou a bandeira quadriculada com a vitória: Jake Hughes. O inglês de 23 anos jamais havia vencido na F3 Euro e também tirou a Hitech de uma longa fila de mais de um ano sem ganhar uma etapa.

 
Hughes começou a ganhar a corrida logo na defesa da pole-positon na largada, quando precisou segurar o ímpeto de Callum Illott especialmente na primeira curva. Não durou muito, porém, porque Illott não sustentou o segundo posto e logo foi ultrapassado por Norris – após o próprio Callum facilitar ao deixa a pista rapidamente num erro. 
 
Hughes já tinha certa vantagem quando Norris passou, mas ainda conseguiu ampliar de 2s3 para 3sna marca da metade da prova. Foi aí que começou a recuperação do piloto da academia da McLaren, tirando tempo progressivamente durante o resto da prova. Na volta final, tinha 0s5 de desvantagem. Faltou tempo, pois. 
 
"Não fiquei nervoso, porque você deve fazer o seu trabalho e ver onde isso te levará", afirmou Hughes ao fim da corrida. "O carro estava incrível na primeira metade da corrida e quando Lando passou nós rodamos no mesmo nível por um tempo, mas no trecho final da corrida meus pneus pioraram muito. Quando vi o carro preto e amarelo (de Norris) chegando, pensei comigo 'Ele não me larga'", brincou.
Jake Hughes (Foto: Reprodução/Twitter)

Illott não conseguiu se juntar aos dois e logo precisou segurar Tadasuke Marino numa repetição da disputa de um dia antes. Mas Callum defendeu bem e fechou o pódio, com Marino em quarto. Ralf Aron ficou com o quinto posto, seguido Ferdinand Habsburg, Joey Mawson, Harrison Newey, Joel Eriksson e Jehan Daruvala. Maximilian Günther, outro que briga pelo título, foi 11º. Pedro Piquet ficou num distante 17º lugar.
 
Antes da terceira prova de Nürburgring, que acontece no domingo à tarde, Norris tem 356 tentos contra 302 de Günther. Eriksson, com 261, ficou praticamente fora da briga. 
HAMILTON FAZ DEVER DE CASA E JOGA BOLA PARA VETTEL. QUE TEM OBRIGAÇÃO DE VENCER EM SINGAPURA

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube