Rosenqvist não dá chance aos rivais e conquista pela segunda vez seguida GP de Macau de F3

Felix Rosenqvist conseguiu de novo. O sueco foi mais uma vez soberano e ganhou pela segunda vez o tradicional GP de Macau de F3 neste domingo (22). Depois de uma batalha inicial contra Charles Leclerc, Felix dominou a prova. Único brasileiro na edição deste ano, Sérgio Sette Câmara foi o 22º

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Felix Rosenqvist fez de novo. O campeão da F3 Euro conquistou neste domingo (22) sua segunda vitória seguida no tradicional GP de Macau de F3, impondo um desempenho impecável. 
 
Apesar da boa largada a partir da pole-position, o sueco acabou sendo surpreendido por Charles Leclerc, que saía em segundo. O monegasco chegou com mais velocidade na curva do Hotel de Lisboa e acabou superando o rival para assumir a liderança. Só que Rosenqvist se aproveitou de um erro de Leclerc na última curva, ainda da primeira volta, para recuperar a ponta da corrida.
 
O adversário não se intimidou e continuou pressionando o líder nos giros seguintes. E conseguiu mais uma vez a ultrapassagem na curva do Hotel Lisboa. A disputa, porém, precisou ser interrompida ainda no início por conta de um enorme acidente que envolveu quatro pilotos na curva dos Pescadores. 
Felix Rosenqvist venceu de novo o GP de Macau de 2015 (Foto: Macau Grand Prix)
Gustavo Menezes, Yu Kanamaru e Ryan Tveter, os três pilotos da Carlin, e Mitsunori Takaboshi bateram e deixaram muitos detritos pela pista. Por conta dos reparos, a direção de prova achou por bem paralisar a corrida.
 
Na relargada, Leclerc acabou sendo superado por Rosenqvist e por Sam MacLeod, que vinha em terceiro. Tudo isso aconteceu também no mesmo ponto: a curva do Hotel Lisboa.
 
De volta à ponta, Rosenqvist tratou de abrir vantagem. Mais atrás, Leclerc passou a pressionar MacLeod. A ultrapassagem aconteceu na volta sete. Daí para frente, o piloto da Van Amersfoort tentou tirar a diferença para o líder que já passava de 2s5.
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

No fim, Rosenqvist cruzou a linha de chegada sem qualquer ameaça, assegurando uma nova vitória nas ruas de Macau. 1s1 depois, Leclerc passou em segundo. Alexander Sims, mais de 5s atrás, fechou a corrida em terceiro.
 
Antonio Giovinazzi terminou a prova em quarto, seguido por Markus Pommer, Santino Ferrucci, Alessio Lorandi, Lance Stroll, Jake Dennis e Arjun Maini. Único brasileiro na edição deste ano da famosa corrida de F3, Sérgio Sette Câmara foi o 22º.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube