Vencedora do Laureus, Flörsch propõe como meta “voltar como esportista do ano”

A alemã recebeu a estatueta na categoria Recuperação do Ano por voltar a correr após o acidente em Macau, concorrendo com nomes como o tenista Andy Murray e o time Liverpool. Em seu discurso, agradeceu todo o apoio e citou até mesmo a Mercedes

Sophia Flörsch recebeu grande reconhecimento do mundo esportivo. Durante a premiação do Laureus, em Berlin, Alemanha, a pilota levou o prêmio na categoria ‘Recuperação do Ano’ por voltar ao esporte a motor após sofrer o forte acidente em Macau, em 2018.
 
Na época, a alemã defendia a equipe Van Amersfoot. Durante a prova, acabou tocando o carro de Jehan Daruvala e depois foi catapultada pelo carro de Sho Tsuboi. Com isso, voou e bateu em uma área destinada para fotógrafos.
 
Apesar de ter permanecido consciente todo o momento, acabou sendo levada imediatamente ao hospital, assim como o japonês, um fiscal e dois fotógrafos. Após exames, constataram uma fratura vertebral e a competidora foi submetida a uma cirurgia de sete horas.
Flörsch posa com sua estatueta (Foto: Reprodução)

A recuperação aconteceu sem grandes problemas e pouco mais de três meses após o ocorrido, já estava de volta em um carro de corrida. Em 2019, disputou a Fórmula Regional Europeia com o mesmo time. No final do ano, correu o GP de Macau com a HWA, abandonando por problemas técnicos.

Então, ao subir no palco para receber o prêmio, fez discurso profundo sobre a importância da estatueta e agradeceu todos os envolvidos que a ajudaram. “Muito obrigada. Esse é um sonho que se torna realidade, na verdade. Primeiro de tudo, estou muito feliz em estar aqui e de segurar isso em minhas mãos, estando na frente de todos vocês que são meus verdadeiros ídolos e olho para vocês, é incrível”, disse.
 

“Comecei no esporte com quatro anos e o amei do primeiro momento. Tive esse acidente em Macau, foi ruim, muito ruim, mas para mim, de dentro do carro, não parecia tão ruim. Eu me lembro de tudo, aconteceu tão rápido que não percebi muito. Quero agradecer meus pais naquele momento e minha irmãzinha, que acho que teve um período ainda mais difícil do que eu naquela época”, seguiu.
 
“E quero agradecer Toto Wolff e Mercedes, a equipe de F1, que me ajudou naquele final de semana com um médico, doutor Cecarelli, ficou próximo de mim durante todo o final de semana no hospital. Foi um período difícil, mas sempre tive o objetivo de voltar, de voltar para um carro de corrida, o que aconteceu 106 dias depois”, continuou.

Flörsch com sua foto na premiação (Foto: Reprodução)
“E, assim, ter isso em minhas mãos agora é incrível, sou muito agradecida. E espero estar de volta, daqui alguns anos, como mulher esportista do ano”, concluiu.
 
Flörsch concorreu a categoria contra o tenista Andy Murray, o nadador Nathan Adiran, o jogador de basquete Kawhi Leonard, e o time do Liverpool.
 
O esporte a motor recebeu outro prêmio do Laureus. Lewis Hamilton foi eleito, ao lado de Lionel Messi, como esportista masculino do ano. O inglês também esteve presente na entrega da premiação.
 

Paddockast #48
MELHORES PILOTOS BRASILEIROS DA DÉCADA

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube