F2

Teixeira, de 30 anos, retorna à GP2 em Hungaroring na vaga de Ceccon na Trident

O piloto disputou a temporada passada pela Rapax, mas não conseguiu marcar pontos e teve o 13º lugar na corrida curta do Bahrein como melhor resultado. Ele será companheiro de Nathanaël Berthon
Warm Up / Redação GP, de São Paulo
 Ricardo Teixeira (Foto: GP2)

Ricardo Teixeira, de 30 anos de idade, está de volta à GP2. O piloto angolano foi anunciado nesta quarta-feira (24) pela equipe Trident e substitui Kevin Ceccon neste fim de semana. Ele será companheiro de Nathanaël Berthon.

Essa não é a primeira passagem do piloto pela escuderia italiana. Em 2009, ele estreou na GP2 justamente pela Trident. Após ficar dois anos fora do certame, ele retornou à categoria no ano passado, correndo pela Rapax. Ao todo, ele disputou 40 corridas e tem o 13º lugar, na prova curta do Bahrein de 2012, como melhor resultado.
Ricardo Teixeira está de volta à GP2 (Foto: GP2)

Desde que deixou a GP2 no ano passado, Teixeira ficou sem correr. Essa não é a única mudança no grid da categoria para Hungaroring. A equipe Hilmer já havia anunciado que Robin Frijns está fora do restante do campeonato, sendo substituído por Adrian Quaife-Hobbs.