Allyson Nazario aproveita briga de rivais, dispara na liderança e se consagra primeiro campeão da história da Copa GP

Piloto, que já havia garantido vaga nas 500 Milhas da Granja Viana pela Equipe GP, vence finalíssima da Copa Grande Prêmio em Interlagos para entrar para história como campeão da primeira edição do campeonato

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Nas semanas que antecederam a primeira final da história da Copa Grande Prêmio de Kart, a conversa entre os participantes, os organizadores e a redação do GP era de que a melhor bateria da (ainda curta, mas promissora) história do campeonato seria a finalíssima. A qualidade dos classificados era claramente altíssima, garantindo um nível diferenciado para a decisão. E os 19 pilotos que formaram o grid honraram a expectativa.

Na, sem dúvidas, bateria mais emocionante da Copa GP em 2017, Allyson Nazario se consagrou o primeiro campeão da história daquele que já se consolida como a principal disputa de kart amador do país – levando, por exemplo, seis pilotos para as 500 Milhas da Granja Viana.

Allyson foi acompanhado no pódio por Gustavo Ariel e Alfredo Salvaia, segundo e terceiro colocados, que também se garantiram nas 500 Milhas pela Equipe GP, já que Allyson já havia conquistado a vaga na quarta etapa da Copa. Ricardo Talarico e Saulo Righi completaram os cinco que saíram de Interlagos, neste sábado (2), com troféus em mãos.

Allyson Nazario recebe bandeirada do título da Copa GP (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)

"Eu só posso agradecer e muito ao GRANDE PRÊMIO por tudo que alcancei aqui", disse o campeão após o pódio.

A primeira final da história da Copa GP teve uma situação anormal, e que mudou a corrida, antes mesmo de seu início: Renato Takeda, que havia conquistado a pole, optou por trocar de kart após a bandeira vermelha de fim de treino. Essa opção fez com que ele largasse em último no grid, dando a pole a Marcelo Hayazaka.

Takeda fez corrida espetacular: mesmo saindo em 19°, acabou em sexto. Hayazaka, por outro lado, acabou se envolvendo em brigas no setor intermediário do grid e acabou em 9°.

Allyson foi quem ultrapassou Hayazaka logo na largada e da liderança não mais saiu. Ele foi favorecido pela briga entre Cesar Pereira, Ariel, Righi e Salvaia. Os quatro brigavam não só pelo vice, mas pelas duas vagas nas 500 Milhas.

Pouco antes da metade da corrida, Cesar rodou em uma curva na qual os quatro tentaram passar ao mesmo tempo e perdeu espaço. Righi seguiu na luta, mas cansou no final e ainda foi ultrapassado por Talarico, que saiu em 15° para acabar em 4°.

No fim, com Allyson controlando a vantagem com olhadas para trás na reta, Ariel e Salvaia gritaram em celebração após a bandeirada com a vaga nas 500 Milhas garantida, e Allyson vibrou com o título.

Finalistas da Copa GP 2017 (Foto: Rodrigo Berton/Copa GP)

Confira a classificação da final da Copa GP:
1 – Allyson Nazario
2 – Gustavo Ariel
3 – Alfredo Salvaia
4 – Ricardo Talarico
5 – Saulo Righi
6 – Renato Takeda
7 – Cesar Pereira 
8 – Slavko Regali
9 – Marcelo Hayasaka
10 – Alicio Del Nero
11 – Daniel Politzer
12 – Julio Luchiari
13 – Felipe Catini
14 – Paulo Castanheira
15 – Alex Campo
16 – Marcos Nunes
17 – Rômulo Neves
18 – David Oliveira
19 – Rubens Filho

  A Copa Grande Prêmio tem coorganização da Amika – Associação de Amigos do Kart Amador.

FIM DE UMA GERAÇÃO

GIAFFONE: “BRASIL TEVE SORTE POR TER PILOTOS POR TANTO TEMPO NA F1”

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height:
0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute;
top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube