Azevedo volta a vencer nas motos e abre grande vantagem na liderança do Rali dos Sertões 2015 para Honda

Após cinco etapas completadas, Jean Azevedo soma na classificação geral a parcial de 12h35min26s. Ele possui sete minutos de vantagem sobre o segundo colocado no Rali dos Sertões 2015, Ramon Sacilotti

Após dois dias difíceis, Jean Azevedo voltou à rotina de vitórias no Rali dos Sertões 2015. Com uma pilotagem sólida e imprimindo forte ritmo na primeira parte da maratona, na qual os competidores não podem ter auxílio dos mecânicos e equipes de apoio na manutenção das motos, o piloto da Honda ganhou a quinta etapa, disputada nesta quinta-feira (6), entre Três Lagoas (MS) e Euclides da Cunha Paulista (SP), e abriu vantagem na liderança do acumulado da categoria. O pentacampeão da prova terminou o dia com o tempo total de 3h06min07s, mais de cinco minutos a frente de seu principal concorrente, Ramon Sacilotti, quinto colocado na especial.
 
Após cinco etapas completadas, Jean Azevedo soma na classificação geral a parcial de 12h35min26s. Ele possui sete minutos de vantagem sobre Sacilotti. “Tive contratempos nos dois últimos dias durante as especiais, então procurei ficar dentro da prova da melhor forma possível, sem perder muito tempo. Hoje foi um dia normal, sem problemas. A moto também está inteira. Amanhã é manter o ritmo”, afirma Jean, que mantém cautela sobre o possível hexacampeonato. “Não está nada ganho ainda, temos dois dias pela frente e não vou me entregar. Eles (demais pilotos) vão ter que lutar muito para me bater”, finalizou o paulista, que também lidera na Super Production.
 
Outro que voltou a ter um bom desempenho com a CRF 450X foi o francês Adrien Metge. Terceiro colocado no trajeto de 587,26 km, sendo 291,16 km de trechos cronometrados, o europeu da Honda reassumiu a liderança da categoria Production Aberta. No acumulado, ele está na terceira posição. "Eu andei em um ritmo bom, estou feliz com meu desempenho hoje", resumiu o estrangeiro.
Jean Azevedo no Sertões (Foto: Vipcomm)
Tunico Maciel, também da Honda, segue na ponta da Marathon. Sexto do dia, o mineiro ocupa a mesma posição na geral. “Foi uma etapa boa, o começo com muitas lombas, mas nos últimos 50 km com um piso arenoso. Não tive nenhum problema na minha moto. No começo, não ataquei, fui tranquilo, para não ter riscos, mas no final me senti mais à vontade e acelerei”, contou Tunico.
 
Já Dário Júlio permanece em sétimo no acumulado após o oitavo lugar no percurso que teve como destino o estado de São Paulo. “A especial foi boa, acho que foi a melhor até aqui nesta edição. Uma especial grande, com piso arenoso e muita curva. Foi bem bastante gostoso poder andar”, conta Dário.
 
Nesta sexta-feira (7), os competidores finalizam a segunda parte da etapa maratona. O percurso entre Euclides da Cunha Paulista (SP) e Umuarama (PR) terá 316,12 km, sendo 199,32 de trechos cronometrados, e será o penúltimo da edição 2015 da prova.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube