Brasileiro de Marcas abre temporada 2018 com apenas seis carros no grid. Campeão, Orige domina treinos em Curitiba

São 12 carros nos boxes do Brasileiro de Marcas para a etapa inaugural em Curitiba. Mas apenas seis pilotos foram à pista nesta sexta-feira. Vicente Orige, atual campeão, dominou os três treinos livres com o Chevrolet Cruze da equipe JLM

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

A sexta-feira (6) que abriu os trabalhos do Brasileiro de Marcas contou com apenas seis carros na pista nos treinos livres em Curitiba, que também recebe a Stock Car e a Stock Light neste fim de semana. Nas três sessões realizadas ao longo do dia, levou a melhor o atual campeão, Vicente Orige, sempre com larga margem para os demais.

 
Além de Orige, aceleraram nesta sexta-feira Raphael Campos, Guilherme Reischl e Márcio Basso, com Chevrolet Cruze da JLM Sports, Enrico Bucci e Roberto Hofig, os dois da Desenfreados Racing Team. Bucci treinou com um Renault Fluence, enquanto Hofig acelerou o Ford Focus.
 
Contudo, apesar da quantidade diminuta de pilotos na pista, há 12 carros nos boxes em Curitiba, mesma quantidade que abriu a temporada de 2017, no Velopark. O GRANDE PRÊMIO soube que muitos pilotos ainda não fecharam acordo para disputar a temporada, o que justifica o baixo quórum, ao menos nesta sexta-feira.
Vicente Orige foi o mais rápido nesta sexta-feira esvaziada do Brasileiro de Marcas (Foto: Duda Bairros/Vicar)
Uma das ausências do grid é a Onze Motorsports, equipe que tinha em Nonô Figueiredo seu dono e também um dos pilotos — Márcio Basso completava a equipe. Em 2018, Nonô atua como diretor-técnico da Hero ao lado dos pilotos Lucas Di Grassi e Bruno Baptista, em parceria com Rosinei Campos, o ‘Meinha’.
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Dos três treinos livres, Orige registrou o melhor tempo na segunda sessão, que ocorreu no período da tarde. O campeão anotou 1min27s596, com uma diferença de 1s549 para o segundo colocado, Campos, um dos seus companheiros de equipe. Foi de Campos, no terceiro treino, a melhor marca do restante dos pilotos: 1min28s671. Ainda assim, o tempo foi 0s438 mais lento que a marca de Orige na sessão derradeira do dia.

 
A programação do fim de semana do Brasileiro de Marcas segue neste sábado com a realização de um treino de aquecimento pela manhã e, às 10h20, a sessão classificatória para definir o grid de largada da corrida 1, marcada para 14h30 (transmissão ao vivo pelo canal BandSports). O desfecho da rodada dupla acontece no domingo, também às 14h30 (horário de Brasília).
CEDO DEMAIS?

ALONSO ENTRA NO ‘MODO EMPOLGOU’ ANTES DO TEMPO

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube