Disputada pela primeira vez em 1999, Seletiva de Kart Petrobras chega à 17ª edição em 2015

A Seletiva de Kart Petrobras, com seus 17 anos de história, é um dos torneios mais longevos do kartismo nacional. Primeira edição aconteceu em 1999

Disputada pela primeira vez em 1999, a Seletiva de Kart Petrobras vai ser disputada pela 17ª edição em 2015. Isso já faz do torneio um dos mais duradouros do kartismo nacional.

O campeonato começou a ser pensado dois anos antes por Binho Carcasci, promotor do campeonato, que conseguiu, com o apoio da petrolífera, tirar o projeto do papel. A ideia era criar um torneio que pudesse ser acessado facilmente por pilotos de todo o Brasil, e que tivesse um prêmio que servisse de estímulo para o campeão dar o passo seguinte da carreira.

Binho Carcasci é o promotor da Seletiva de Kart Petrobras (Foto: Reprodução)

“Eu trabalhava na organização da F3, que tinha patrocínio da Petrobras, e conheci ali o Cláudio Thompson. Como eu tinha uma ligação muito forte com o kart, principalmente por causa do Paulo [Carcasci, irmão] e de toda a história dele, queria fazer algo com o kart. Eles [Petrobras] tinham um envolvimento já grande com o automobilismo. Comecei a falar: ‘Cláudio, por que vocês não fazem algo com o kart?’ E ele disse: ‘Nós vamos fazer. Quando chegar a hora, eu te falo.’ Isso foi em 1997", conta Carcasci.

"Foi indo, foi indo, foi indo e, no final de 1998, ele falou: ‘Está na hora. Faz um projeto.’ Eu sabia o que estava acontecendo no kart e pensei em fazer uma corrida totalmente nova. Um negócio que seja importante para o piloto e em que ele não precise gastar dinheiro. Dar um prêmio. E com a preocupação de que o talento tinha que aparecer, que não era só minha, era também da Petrobras. Aí eu fiz o projeto e, em 1999, nasceu", continua.

O campeonato teve como primeiro campeão Danilo Dirani, que é até hoje um dos principais kartistas do país e também tem passagens por categorias como a F3 Inglesa, a F-Truck e o Brasileiro de Turismo. O rol dos campeões ainda tem pilotos como Júlio Campos, Sérgio Jimenez, Rafael Daniel, Rafael Suzuki e Felipe Fraga.

Durante os 17 anos de história, a Seletiva já passou por diversos estados do país tanto nas etapas classificatórias, quanto nas finais. Decisões de ocorreram em São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Paraná, Minas Gerais e Brasília. E o kartódromo 'favorito' é justamente o da final deste ano: o da Granja Viana, palco da final pela quarta vez.

Deste período, Carcasci diz não ter um momento que tenha sido muito mais marcante. Mas destaca como o décimo ano foi especial: "Dez anos de um evento de kart patrocinado no Brasil, nunca aconteceu. Marcou muita gente. Mas cada vitória de um piloto diferente é marcante, principalmente para ele".

Ao longo dos próximos dias, no hotsite especial da Seletiva de Kart Petrobras, o GRANDE PRÊMIO vai continuar relembrando histórias dos 17 anos de disputas. A final deste ano está marcada para os dias 3 e 4 de novembro.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube