F1, MotoGP, Indy, Stock Car, Fórmula E e mais: esporte a motor tem mega fim de semana

Todas estas categorias: F1, MotoGP, Indy, Stock Car, Fórmula E, além de DTM, Nascar e F-Regional correm no recheado fim de semana de 18-20 de junho

A ultrapassagem da vitória de Pato O’Ward (Vídeo: NBCSN)

O fim de semana que se acerca, entre os dias 18-20 de junho, será um dos mais movimentados e recheados da história do esporte a motor. Sim, da história. Não há exagero em afirmar que é esse o caso, para deleite de fãs com múltiplas opções e o terror de quem precisa trabalhar com elas e se atentar para as corridas em todas as partes. Fórmula 1, MotoGP, Indy, Fórmula E e Stock Car estão no bolo, mas são somente pedaços dele.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

A lista começa com a Fórmula 1, que retorna à França após ausência forçada pela pandemia do novo coronavírus em 2020. No circuito de Paul Ricard, a sétima etapa do campeonato conta com a Mercedes em busca de se recuperar após duas derrotas para a Red Bull que fizeram as lideranças do Mundial de Construtores e Pilotos escaparem. Como de costume, o Mundial conta com treinos livres na sexta-feira e sábado de manhã, enquanto a classificação fecha o sábado e a corrida está marcada para as 10h (de Brasília) do domingo. Junto da F1, a Fórmula 3 também disputa a segunda etapa da temporada: a classificação acontece já na sexta, enquanto três corridas enchem os dias seguintes.

A MotoGP que, como sempre, tem as luxuosas companhias de Moto2 e Moto3, segue sua programação normal durante os três dias em que estará em Sachsenring para o GP da Alemanha. É grande oportunidade para Johann Zarco dar o bote em Fabio Quartararo após se aproximar há duas semanas, na Caralunha.

Quem também anda é a Indy, que vai a Elkhart Lake, no estado norte-americano do Wisconsin. A corrida está marcada para a tarde do domingo, quando segue uma disputa pelo título até aqui protagonizada por dois jovens pilotos: Pato O’Ward tem somente um ponto de vantagem para Álex Palou, respectivamente membros de McLaren e Ganassi. Será a primeira corrida da segunda metade da temporada. A Indy Lights é quem acompanha.

A Indy vive uma temporada apertada (Foto: IndyCar)

Por falar em marca de 50% da temporada, a Fórmula E também cruza essa barreira no fim de semana. Com 15 provas no calendário, as duas largadas para o eP de Puebla, no México, serão as corridas oito e nove. Será a primeira vez do circuito permanente de Puebla, essencialmente um oval, na FE. O autódromo Hermanos Rodríguez, na Cidade do México, está impossibilitado de receber corridas no momento por estar sendo utilizado como hospital de campanha. Robin Frijns lidera a categoria elétrica mesmo sem vitórias na temporada, mas a briga pelas primeiras colocações é extremamente apertada: até o oitavo colocado do campeonato está a menos de 25 pontos, ou uma corrida, da ponta. Tanto no sábado quanto no domingo, a FE ocupa o horário da tarde, com as duas corridas marcadas para 17h45.

No Brasil, a Stock Car aproveita o fim de semana para fazer não uma, mas duas etapas completas. Isso, duas etapas numa só no Velocitta: o que quer dizer que sábado e domingo terão uma classificação e duas corridas cada. As definições do grid de largada às 10h e as corridas a partir das 13h10. A Stock Light também dá o ar da sua graça, aliás.

Além das categorias principais, o fim de semana conta ainda com a abertura da temporada 2021 do DTM, em Monza, Itália; a etapa da F-Regional, em Zandvoort, Holanda; e a Nascar, em Nashville.

Confira a programação de TV do fim de semana

GP às 10: Renovação de Ocon destrava mercado de pilotos e ‘joga’ Russell na Mercedes

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar