Moraes celebra retorno ao grid na decisão em Interlagos, mas admite dúvida sobre futuro: “Ainda não tenho nada para 2017”

Lukas Moraes conseguiu um acerto de última hora com a equipe Nascar e vai disputar a decisão da temporada 2016 do Brasileiro de Turismo em Interlagos. Porém, o paulista admitiu que ainda não sabe onde vai estar em 2017

 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 3
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);
Lukas Moraes é um dos bons nomes da nova geração do automobilismo brasileiro. Entretanto, o paulista teve problemas financeiros durante a temporada 2016 do Brasileiro de Turismo e, assim, saiu da briga pelo título. Após um acerto de última hora com a equipe Nascar, Lukas voltou para a etapa decisiva do campeonato em Interlagos. Para 2017, porém, sobram dúvidas a respeito de onde o piloto vai estar.

 
Moraes se mostrou bem animado com a possibilidade de mostrar serviço no fim de semana derradeiro da categoria em 2016 e falou em brigar pelas primeiras posições.
 
"Minha expectativa para essa volta é boa. Eu gosto muito de andar em Interlagos, costumo andar bem aqui, então é isso que eu espero repetir. Quero andar na frente, quem sabe dar uma brincada com o pessoal que está disputando o título", disse ao GRANDE PRÊMIO.
 
Lukas contou que enfrentou problemas financeiros e, por isso, não conseguiu fechar o ano com a RR. O convite da Nascar veio em cima da hora para a prova final.
 
"A gente teve alguns problemas financeiros, a equipe também acabou tendo, então resolvemos encerrar a parceria. Fechei esse novo acordo de última hora, não tinha dinheiro para correr em Curvelo. O Aloísio, da Nascar, me deu a oportunidade de correr aqui na última etapa, também consegui alguns patrocinadores para essa prova, isso ajudou a juntar as duas coisas", seguiu.
Lukas Moraes é um dos bons nomes do Brasileiro de Turismo (Foto: Duda Bairros/Vicar)
O jovem piloto explicou que ainda não tem nada certo para 2017, mas falou do desejo de correr a temporada completa do Brasileiro de Turismo e de disputar o título até o fim.
 
"Não tenho nada ainda para 2017. Minha expectativa é fazer um ano completo no Turismo, realmente para brigar por título, em uma equipe capacitada para isso. Esse é o nosso objetivo", afirmou.
 
Lukas comentou que poderia ter chances remotas de título em Interlagos, mas garantiu que, apesar da frustração momentânea, isso é um sinal de que tem capacidade para fazer ainda melhor em um ano livre de turbulências.
 
"A gente tinha boa chances de chegar aqui com chances remotas de título, mas que são chances. São coisas que acontecem, coisas do automobilismo. Isso foi uma lição para a gente pensar. E acho que esse ano, com todos os problemas, mostrou que, se a gente tiver um ano limpo, tem chances grandes de brigar por título", completou.
 
O paulista, que já foi adversário de Pedro Piquet na F3 Brasil, tem até aqui no Brasileiro de Turismo uma vitória e dois pódios
fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube