Neugebauer segura pressão de Paludo para vencer corrida 2 da Porsche Cup em Interlagos

Werner Neugebauer fez a festa no sábado (21), em Interlagos. Na corrida 2 da Porsche Cup no autódromo paulistano, o piloto saltou para a ponta ainda no início, segurou a pressão de Miguel Paludo e conseguiu a segunda vitória da temporada

Werner Neugebauer teve uma corrida de redenção na tarde deste sábado (21). Em Interlagos, o piloto assumiu a primeira colocação ainda na primeira volta, manteve ritmo competitivo e garantiu a vitória na Porsche Cup.

Assim que a saída foi autorizada, Werner, que saiu do quarto posto, conseguiu dar um salto no pelotão para se colocar na segunda colocação. O #8, então, não demorou para superar Eloi Khouri para tomar a ponta do pelotão.

Depois que foi para o primeiro posto não saiu mais. O piloto ainda teve que segurar a pressão e investidas de Miguel Paludo na reta final da disputa, mas sabendo se defender muito bem, conseguiu garantir o triunfo.

Enquanto isso, na briga pela classificação da Carrera Cup 4.0, uma emocionante e polêmica disputa tomou conta da pista na reta final. Vitor Baptista e Marçal Müller vinham disputando pela sexta colocação, mas acabaram se tocando e danificando os carros. O #544 teve de abandonar a disputa, com o #121 ainda conseguindo cruzar a linha de chegada.

Werner Neugebauer (Foto: Lucas Bassani)

Saiba como foi a corrida 2 da Carrera Cup 4.0 em Interlagos:
 

Com a ordem do grid invertido para a segunda prova de Interlagos, quem saiu da pole-position foi Maurizio Billi. Eloi Khouri foi quem começou em segundo, com Ricardo Baptista, Werner Neugebauer e Marçal Müller completando o top-5.
 
Mais para trás, Marcel Coletta, que venceu a primeira corrida, começou do oitavo posto. Enquanto isso, líder da classificação, Vitor Baptista largou apenas do fundo do pelotão, na 13ª colocação.
 
Com largada autorizada em Interlagos, Khouri pulou para a primeira colocação, enquanto Neugebauer assumiu a vice-liderança. Paludo, Ricardo Baptista e Coletta, que vinha escalando o pelotão, fechavam o top-5.
 
Então, na descida do lado, o #8 começou a pressionar de forma ameaçadora o #21. Até que, em um primeiro momento ter sido barrado, conseguiu consumar a ultrapassagem para ser o primeiro colocado.
 
No giro seguinte, então, foi a vez de Paludo dar o bote em cima de Eloi para ser o novo segundo colocado. O #21 agora tinha que começar a segurar os ataques de Ricardo Baptista, quinto colocado.
 
Com pouco menos de 20 minutos para o encerramento da corrida, a ordem era Neugebauer, Paludo, Khouri, Ricardo, Coletta, Müller, Feldmann, Billi, Ziemkewick e De Barros completando os dez primeiros.
 
Enquanto isso, Vitor Baptista vinha escalando aos poucos o pelotão. Depois de perder um posto na largada, aparecia em oitavo com 13 minutos para a bandeira quadriculada.
 
Coletta, Khouri e Müller começaram a protagonizar uma bela briga pela quarta colocação. O trio estava bastante próximo e colado, batendo roda com roda. Até que, quem levou a melhor foi o #177, seguido pelo #544. Depois, Feldmann passou também o #21.
 
 Com a prova indo para a reta final, uma emocionante briga começou pela primeira colocação. Paludo definitivamente chegou em Neugebauer, tentando dar o bote. Entretanto, o #7 chegou a cometer um leve erro, permitindo uma pequena abertura de Werner.
 
Uma briga bastante pegada ainda tomou a atenção no final da corrida. Müller e Vitor Baptista estavam disputando pela sexta colocação. Os pilotos colocaram lado a lado, acabaram se tocando e danificando os carros. O #544 acabou abandonando.
 
Bandeira quadriculada no autódromo paulistano e Neugebauer garantiu de vez a vitória na corrida 2 da Carrera Cup 4.0. Paludo foi o segundo, com Ricardo, Coletta e Feldmann completando o pódio.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar