Nonô lidera primeiro treino e Souza mantém domínio da Chevrolet na sexta-feira de treinos do BR de Marcas em SP

A Chevrolet comandou os trabalhos neste primeiro dia de treinos livres para a etapa decisiva do Brasileiro de Marcas em Interlagos. Nonô Figueiredo, perto do bicampeonato, levou o carro da HERO/Onze Motorsports à ponta da primeira sessão, enquanto Carlos Souza, no período da tarde, registrou o melhor tempo da sexta-feira. O sábado vai ser marcado pela classificação e a primeira prova do fim de semana

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

A sexta-feira (8) que marcou a abertura dos trabalhos do Brasileiro de Marcas na etapa decisiva do campeonato, em Interlagos, também representou mais um grande domínio dos Chevrolet Cruze. A marca liderou os dois treinos livres desta sexta-feira (8). Pela manhã, Nonô Figueiredo foi o mais rápido. O piloto da Onze/HERO caminha rumo ao bicampeonato e pode alcançar mais uma glória na carreira nesta semana. Mas na sessão do começo da tarde, que foi dividida entre antes e depois da forte chuva, quem deu as cartas foi Carlos Souza, da JLM Racing.

 
Curiosamente, Nonô liderou o primeiro treino com larga vantagem perante seu adversário na luta pelo título: Vicente Orige, com outro Chevrolet Cruze da JLM, foi o segundo colocado. O destaque ficou com a presença de Enrico Bucci, com um Ford Focus da Desenfreados Racing Team, se colocando em terceiro lugar.
Nonô Figueiredo liderou a manhã de treinos livres do Brasileiro de Marcas em Interlagos (Foto: Fernanda Freixosa/Vicar)
Nonô não correu com o lastro de performance de 80 kg, relacionado à sua posição de líder do campeonato. Sem o peso extra, o veterano piloto levou seu carro #11 ao tempo de 1min56s169, 0s585 mais rápido que Orige. As Renault, em que pese o domínio da Chevrolet, foram muito bem. Thiago Marques, com seu carro todo estilizado de ‘Pica Pau’, foi o quarto, seguido pelo companheiro de equipe na RZ Motorsport, Patrick Choate, enquanto Cesinha Bonilha, também com um Renault Fluence, foi o sexto.
 
O top-10 do primeiro treino foi completado pelos Chevrolet Cruze de Pedro Boesel, Felipe Tozzo e Carlos Souza. Thiago Klein, dono do Toyota Corolla mais rápido da manhã, foi apenas o décimo em meio a um grid de 14 carros.
 
Já durante a tarde, deu sorte quem estava no primeiro grupo. Assim, Souza foi o mais rápido, ficando 0s017 à frente do companheiro de equipe Felipe Tozzo. Carlos cravou 1min53s927, que foi o tempo mais rápido do dia no Brasileiro de Marcas em Interlagos. Cesinha Bonilha foi o terceiro, à frente de Márcio Basso, companheiro de equipe de Nonô Figueiredo. Bucci e Choate fecharam a lista dos seis primeiros colocados.
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Mas a chova desabou em Interlagos e impediu que os pilotos do G2 registrassem marcas competitivas. Vicente Orige, por exemplo, foi o nono, mas 9s363 atrás do tempo de Souza. Experiente, Nonô preferiu não se arriscar e sequer deixou os boxes da sua equipe para poupar o equipamento visando a retomada dos trabalhos neste sábado.

 
Ainda pela manhã, está prevista a classificação para a corrida 1, com duração de dez minutos, entre 11h25 e 11h35. A largada da corrida que pode definir Nonô como bicampeão do Brasileiro de Marcas está marcada para 14h30.
FALTA DE HONESTIDADE

PERDA DE ETAPA DA FÓRMULA E É DESASTROSA PARA SÃO PAULO

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height:
0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute;
top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube