Rimbano destaca “acerto muito bom” e promete lutar mesmo com chances remotas de título: “Tudo pode acontecer”

Pietro Rimbano andou muito forte na sexta-feira de treinos livres do Brasileiro de Turismo em Interlagos e liderou o dia. O paulista colocou quase 0s5 no segundo colocado Marco Cozzi

 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 3
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);
Pietro Rimbano dominou a primeira sessão de treinos livres em Interlagos. Nesta sexta-feira (9), o paulista virou abaixo de 1min47s, colocando quase 0s5 no segundo colocado Marco Cozzi. Rimbano, que busca um milagre para ser campeão, prometeu muito empenho e se mostrou contente com o carro no primeiro contato que teve.

 
Rimbano destacou o ótimo início no fim de semana decisivo e prometeu brigar até o último instante pela vitória e pelas chances remotas de título.
 
"O nosso acerto está muito bom. Começamos com o pé direito, vamos tentar levar isso até a corrida, que é o mais importante. Sempre com o pé no chão, vamos fazer nosso trabalho aqui e tentar andar o mais forte possível para quem sabe ganhar o campeonato. Está bem difícil, mas até a bandeirada final tudo pode acontecer. O começo foi bem positivo", disse ao GRANDE PRÊMIO.
Pietro Rimbano (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
Foi em Interlagos que Pietro buscou sua primeira vitória na categoria. O paulista confessou que sente um carinho todo especial pela pista.
 
"Tudo mundo gosta daqui, é uma pista de F1, uma pista em que todo piloto sonha em andar bem, sonha em vencer. Desde pequeno, desde o videogame que todo mundo anda aqui. Essa pista é um sonho, se você andar bem aqui, anda bem na maioria das pistas", completou.
 
A tarefa de Rimbano não é nada fácil. Além de precisar a qualquer custo da vitória, o paulista tem de torcer para que Márcio Campos não fique no top-15, que Gabriel Robe termine do 14º lugar para trás e que Edson Coelho não figure no pódio. O terceiro lugar no campeonato, assim, parece ser o objetivo mais factível para o jovem de 18 anos.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube