Robe admite precipitação em toque que o tirou da briga pelo título, mas justifica: “Senão poderia não ter passado”

Gabriel Robe poderia ter sido campeão do Brasileiro de Turismo. Da forma como o destino se desenhou, poderia se conformar com uma posição mais calma enquanto Márcio Campos tinha problemas. Mas ele só soube disse depois que arriscou para passar Dennis Dirani e acabou batendo

 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

O campeonato do Brasileiro de Turismo tinha tudo para ser de Gabriel Robe após os problemas que afetaram Márcio Campos na etapa decisiva da temporada, neste domingo (11). Mas uma atitude precipitada no começo da prova tirou do piloto gaúcho a chance de conquistar seu primeiro título na categoria. Robe terminou o dia em Interlagos cabisbaixo e com a noção de que arriscou demais.

 

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);
Largando em quinto, Robe tentou escalar o pelotão e acabou se vendo às voltas com Dennis Dirani à sua frente. Tentou passar da forma que deu, acabou tocando. Robe crê que Dirani freou cedo demais, mas não esconde que arriscou. Correu para ser campeão.

 
"Fico bastante triste, tinha bastante chance de ser campeão. Até porque o Marcio Campos teve problemas depois, mas isso é coisa de corrida. O toque ali com o Dirani foi que ele acabou freando um pouquinho antes e depois eu perdi o ponto de frenagem. Mas também pode ter sido um pouco de precipitação minha para tentar a ultrapassagem. É aquela máxima: se eu não arriscasse poderia não ter passado", avaliou. 
Gabriel Robe (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
Visivelmente chateado com a forma como seu campeonato terminou, Robe gostou da decisão que tomou. O resultado é que não foi o sonhado.
 
"A gente pode lançar diversas opiniões sobre o assunto, mas acho que o que era para acontecer, aconteceu. Se não era minha vez de ser campeão, ainda vou ter muito tempo para isso. Ficamos feliz de certa forma com esse vice-campeonato, porque trabalhamos duro durante o campeonato", disse.
 
Campos, mesmo com extremas dificuldades, terminou com o caneco.
fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube