Alonso deixa laranja para trás e corre Indy 500 com carro em branco e verde escuro

Para quem esperava uma versão remodelada do 'Papaião' de 2017 e 2019: não vai rolar. A McLaren mostrou ao mundo o novo carro de Fernando Alonso para a Indy 500 de 2020 e ele é branco e verde escuro

Fernando Alonso vai buscar uma vaga no grid de 33 carros das 500 Milhas de Indianápolis de 2020 com um carro de visual bem diferente dos que teve em 2017 e 2019. O famoso papaia com detalhes em azul ficou para trás e, neste ano, o bicampeão mundial de Fórmula 1 vai ter o bólido #66 em verde e branco, como divulgou a McLaren ao mundo nesta terça-feira (30). A principal prova do calendário da Indy está marcada para 23 de agosto e, como anunciou recentemente o Indianapolis Motor Speedway, vai contar com a presença do público, com capacidade limitada a 50% por conta da pandemia do novo coronavírus.

O esquema de cores de Alonso na Indy 500 2020 vai seguir seu novo patrocinador master, uma financeira. Desta forma, o carro é basicamente dividido em branco e verde escuro, com a borda do aeroscreen em um tom de verde água.

O carro de Fernando Alonso na Indy 500 tem pouco laranja (Foto: McLaren)

Mas e o laranja? Bom, o laranja até existe no novo carro de Fernando, mas apenas nos retrovisores e numa finíssima tira localizada na lateral da asa dianteira, ou seja, uma revolução completa em relação aos modelos anteriores.

“Estou muito feliz em finalmente poder ver o carro que vou guiar na Indy 500. Eu sinto a paixão dos fãs por essa corrida, o que torna ela incrível. Tenho máximo respeito por essa prova histórica e por todos que nela competem”.

Apesar da mudança no carro de Alonso, os outros dois pilotos da McLaren devem seguir com o laranja dando o tom ao lado do preto, afinal, foi nesse esquema que Oliver Askew e Pato O’Ward fizeram a pré-temporada e a abertura no Texas.

Na terceira tentativa, o espanhol busca terminar a Indy 500 pela primeira vez. Em 2017, em parceria com a Andretti, liderou voltas, mas o motor Honda quebrou e Fernando ficou pelo caminho. Em 2019, em aliança com a Carlin, uma participação pífia que acabou ainda no Bump Day, sem nem se classificar para a prova.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube