Após azar de Castroneves em Detroit, Power defende safety-car virtual na Indy: “Acabaria com essa loteria”

Will Power criticou a loteria que é a Indy em bandeiras amarelas. Para o australiano, o safety-car virtual seria uma ótima opção para acabar com os resultados injustos

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Will Power venceu a corrida 2 em Detroit e encerrou um jejum de triunfos na Indy neste domingo (6). Mesmo assim, o australiano ficou mordido pela maneira que o companheiro de Penske Helio Castroneves despencou no pelotão, já que liderava e acabou prejudicado por uma bandeira amarela que beneficiou pilotos que pararam antes.

 
Power defendeu que as bandeiras amarelas muitas vezes acabam virando totalmente o jogo em uma corrida e empurram, por pura sorte, um piloto que tentava estratégia diferente do fim do grid para a ponta.
 
"Eu continuo ficando abismado ao ver como as amarelas às vezes surgem e te jogam totalmente para fora da briga. A Indy é isso. Às vezes é extremamente frustrante, a amarela cai do céu e um piloto muitas vezes vence por sorte pura", disse.
 
O australiano citou o ocorrido com Castroneves em Detroit na corrida 2 para pedir mudanças imediatas nas bandeiras amarelas, explicando que o companheiro de Penske acabou praticamente sendo punido por poupar melhor o equipamento.
 
"É só ver o que aconteceu com Helio hoje. Se deu mal por causa de uma amarela. Ele fez um bom trabalho, foi para frente, poupou mais combustível que os rivais, conseguiu alongar o stint e aí, de repente, praticamente teve de cumprir um drive-through com aquela bandeira amarela. Foi parar no fim do grid", seguiu.
Will Power defendeu o safety-car virtual na Indy (Foto: IndyCar)
Power mostrou-se incomodado com a importância da sorte na categoria e citou o ex-diretor de corridas da categoria como um dos defensores da ideia do safety-car virtual.
 
"Você está liderando, aí vem a amarela, todo mundo parou e você despenca para o fim do pelotão. Isso é algo que deveria mudar na Indy. Conversamos muito sobre o safety-car virtual quando Beaux Barfield estava aqui", afirmou.
 
O campeão de 2014 acredita que o safety-car virtual seria a solução para o fim da loteria na Indy e também uma saída por maior segurança nos boxes.
Helio Castroneves podia ter vencido em Detroit, mas aí veio a bandeira amarela… (Foto: IndyCar)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

"Basta olhar para a F1, eles têm o safety-car virtual, nós também podemos ter. É só limitar a velocidade dos carros. Isso também diminuiria os incidentes nos boxes, cada um iria na sua posição correta. Depois podemos nos aproximar, relargar normalmente, tudo isso. Seria mais seguro nos boxes, mais justo nas pistas, acabaria com essa loteria", completou.

 
Power ocupa a sétima colocação na temporada 2016 da Indy. Com o resultado decepcionante pelas bandeiras amarelas, Castroneves perdeu a vice-liderança do campeonato.
 
PADDOCK GP #31 DEBATE F1, INDY E NASCAR

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube