Com Rosenqvist no hospital, McLaren chama Askew para GP de Detroit 2

Titular em 2020, Oliver Askew retorna ao cockpit da McLaren para substituir Felix Rosenqvist no GP de Detroit 2. Piloto sueco está no hospital após batida

O acidente de Felix Rosenqvist (Vídeo: NBCSN)

Por conta do forte acidente durante o GP de Detroit 1, o sueco Felix Rosenqvist não competirá na segunda prova da rodada dupla no Belle Isle Park, que acontece neste domingo. Para seu lugar, a McLaren anunciou o retorno do americano Oliver Askew para ocupar o carro #7 excepcionalmente nesta etapa.

Campeão da Indy Lights em 2019, Askew pilotou pela McLaren na temporada 2020, com direito a um pódio no GP de Iowa 1, quando chegou em terceiro. Porém, teve queda de desempenho após o acidente nas 500 Milhas de Indianápolis que renderam uma concussão ao piloto, que chegou a ser substituído por Helio Castroneves em duas provas. Ao fim da temporada, acabou dispensado pela equipe.

Para 2021, Oliver fez a transição para competir na classe LMP3 do IMSA SportsCar, passando pelas equipes Riley, Forty7 e Andretti.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!
WEB STORIES: Como foi a quarta vitória de Helio Castroneves na Indy 500?

Felix Rosenqvist foi levado ao hospital após batida (Foto: Indycar)

Rosenqvist perdeu o controle durante a corrida 1 da Indy em Detroit e atingiu a barreira de pneus com força na curva 5, provocando bandeira vermelha na prova. Alerta e consciente, o piloto foi levado a um hospital local pelas reclamações de dores. Os exames iniciais não indicaram lesões que causam risco de vida ou de paralisia. A expectativa é que o sueco receba alta na manhã de domingo.

Askew estará a bordo do McLaren #7 para a classificação, marcada para às 10h (de Brasília). A corrida é esperada para largar a partir das 13h05.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar