Comando de largada, pace-car e aclamação: o retorno de Wickens às pistas

Na corrida de seu país natal, Robert Wickens teve a honra de dar o famoso sinal para os pilotos ligarem os motores antes do GP de Toronto da Indy. Piloto paraplégico também pilotou o pace-car na volta de apresentação

Robert Wickens teve um fim de semana especial em Toronto. 11 meses após o grave acidente em Pocono que o deixou paraplégico, o piloto foi a grande estrela do GP de Toronto da Indy, mesmo fora do grid. 
 
Em parceria com a Arrow Eletronics, Wickens conduziu o pace-car da Indy durante a volta de apresentação. O Honda NSX adaptado para o canadense era acelerado por um anel ao lado do volante, e o sistema de freios controlado pelas mãos. Robert também teve a oportunidade de dar o sinal para os pilotos ligarem os motores, uma das marcas registradas do automobilismo norte-americano.
Robert Wickens (Foto: Indycar)
"Hoje será um dia especial para o Robert ser ovacionado reconhecido da forma que merece. A performance dele no GP de Toronto de 2018 trouxe muito entusiasmo aos nossos fãs, e ele fará isto de novo neste ano. Será um dia inspirador para todos nós. Vamos nos levantar e fazer barulho para Robbie", declarou Jeff Atkinson, organizador da corrida.
 
Antes da volta de apresentação, realizada junto da esposa Karli Woods, Wickens pode dar um giro no traçado de rua canadense, sendo acalamado pelo público presente a cada curva.

"Eu tenho uma nova perspectiva de vida. O que mais significou para mim foi quando estive na fisioterapia todos os dias, todo o apoio que tive dos meus companheiros de pista, da minha família, da minha esposa, dos meus fãs, de todo mundo que me ajudou a ir para a academia no novo dia", declarou Wickens em coletiva de imprensa sobre o primeiro contato após o acidente.
 

Paddockast #24
A BATALHA: Indy x MotoGP

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube