Dixon supera Power nos instantes finais no TL2 e segue dominante em Watkins Glen. Castroneves é 2º

Parecia que Will Power iria encerrar o domínio de Scott Dixon, mas o neozelandês respondeu nos instantes finais, cravou a melhor marca do dia e fechou o TL2 na frente. No apagar das luzes, Helio Castroneves também passou Power para ser segundo, enquanto Tony Kanaan ficou em quarto

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Tudo levava a crer que Will Power responderia ao início dominante de Scott Dixon em Watkins Glen. Mas o neozelandês tirou uma carta da manga já no fim, cravou 1min22s874 e liderou o segundo treino livre desta sexta-feira (2).

Power ainda perdeu o segundo lugar no apagar das luzes. Um de seus companheiros de Penske, Helio Castroneves foi quem acertou grande volta e se posicionou entre Dixon e o australiano.

Tony Kanaan acabou caindo para um ainda bom quarto lugar, 0s295 atrás da marca do companheiro de Ganassi. Juan Pablo Montoya não fez feio e fechou o top-5.

Jack Hawksworth ficou com a sexta melhor marca, seguido por Graham Rahal, Josef Newgarden, Sébastien Bourdais e Max Chilton. Fora do top-10, Simon Pagenaud foi o 11º.

Scott Dixon (Foto: IndyCar)

Confira como foi o segundo treino livre em Watkins Glen:

O segundo treino livre da Indy começou pontualmente às 16h30 (em Brasília). Com Josef Newgarden e Simon Pagenaud sendo os primeiros a irem para a pista.

 
A sessão via os tempos caindo sequencialmente, com Max Chilton assumindo a dianteira com 1min24s284, em uma boa marca. Jack Hawksworth e Tony Kanaan apareciam logo atrás.
 
Ainda dentro dos primeiros 20 minutos de treino, Takuma Sato acionou a primeira bandeira vermelha do TL2. O japonês surgiu parado na reta, preocupando bastante a Foyt para a continuidade do final de semana.

A paralisação foi bem curta e rapidamente estava todo mundo de volta à pista. Juan Pablo Montoya e, depois, Sébastien Bourdais, foram para a ponta, ambos ainda acima de 1min24s. 

Foi Scott Dixon o primeiro a derrubar essa barreira, cravando 1min23s762. Na cola apareceu Pagenaud, virando o segundo melhor tempo na casa de 1min23s8.

Helio Castroneves (Foto: IndyCar)

Pagenaud bem que foi para a ponta da sessão, mas por lá ficou pouquíssimo tempo. Logo depois já apareceu seu rival na disputa pelo título Will Power. Por 0s066, o australiano se colocava na frente do francês.

Mas é impressionante como Dixon é rápido em Watkins Glen. Com dois giros praticamente seguidos, o neozelandês fez grandes marcas. A segunda delas em 1min23s110, voando para a frente.

Já entrando na segunda metade da sessão, foi a vez de Newgarden causar uma bandeira vermelha. Com um pneu furado, o #21 causou a parada momentânea nas atividades.

Depois de um bom tempo com as marcas estabelecidas nos primeiros lugares, Tony Kanaan deu às caras na sessão e escalou o pelotão. O baiano saltou para o segundo posto, ficando 0s341 distante do companheiro de Ganassi Dixon.

Will Power (Foto: IndyCar)

Mas a imensa margem de Dixon para os rivais mostrava que ainda dava para os demais melhorarem suas marcas. Assim, Kanaan logo foi para quarto, com Juan Pablo Montoya e Hawksworth entrando no top-3. Graham Rahal já era quinto novamente.

Já nos minutos finais, Power mostrou que não vai brincar no misto de Nova Iorque e tirou Dixon da frente, com um 1min23s072 de muita autoridade. Helio Castroneves também veio bem, em quarto.

Porém, ainda dava tempo das coisas mudarem. Já no finalzinho, perto do relógio zerar, Dixon reassumiu a dianteira e viu, segundos mais tarde, Castroneves colar, cravando a segunda melhor marca.

Indy, GP de Watkins Glen, TL2:

1 9 SCOTT DIXON NZL GANASSI CHEVROLET 1:22.874   29
2 3 HELIO CASTRONEVES BRA PENSKE CHEVROLET 1:23.033 +0.159 36
3 12 WILL POWER AUS PENSKE CHEVROLET 1:23.072 +0.198 32
4 10 TONY KANAAN BRA GANASSI CHEVROLET 1:23.169 +0.295 36
5 2 JUAN PABLO MONTOYA COL PENSKE CHEVROLET 1:23.365 +0.491 24
6 41 JACK HAWKSWORTH ING FOYT HONDA 1:23.446 +0.572 33
7 15 GRAHAM RAHAL EUA RLL HONDA 1:23.596 +0.722 36
8 21 JOSEF NEWGARDEN EUA CARPENTER CHEVROLET 1:23.628 +0.754 39
9 11 SÉBASTIEN BOURDAIS FRA KV CHEVROLET 1:23.658 +0.784 33
10 8 MAX CHILTON ING GANASSI CHEVROLET 1:23.711 +0.837 38
11 22 SIMON PAGENAUD FRA PENSKE CHEVROLET 1:23.747 +0.873 29
12 14 TAKUMA SATO JAP FOYT HONDA 1:23.789 +0.915 36
13 20 SPENCER PIGOT EUA CARPENTER CHEVROLET 1:23.860 +0.986 38
14 7 MIKHAIL ALESHIN RUS SCHMIDT PETERSON HONDA 1:23.954 +1.080 33
15 98 ALEXANDER ROSSI EUA ANDRETTI HONDA 1:24.066 +1.192 26
16 26 CARLOS MUÑOZ COL ANDRETTI HONDA 1:24.177 +1.303 28
17 18 CONOR DALY EUA DALE COYNE HONDA 1:24.263 +1.389 26
18 83 CHARLIE KIMBALL EUA GANASSI CHEVROLET 1:24.279 +1.405 25
19 28 RYAN HUNTER-REAY EUA ANDRETTI HONDA 1:24.320 +1.446 25
20 19 RC ENERSON EUA DALE COYNE HONDA 1:24.584 +1.710 35
21 5 JAMES HINCHCLIFFE CAN SCHMIDT PETERSON HONDA 1:24.890 +2.016 27
22 27 MARCO ANDRETTI EUA ANDRETTI HONDA 1:24.921 +2.047 23
 

PADDOCK GP #44 DEBATE VITÓRIAS DE ROSBERG EM SPA E DE RAHAL NO TEXAS

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube