Fora desde 2019, Juncos admite intenção de retornar à Indy “o mais rápido possível”

A Juncos Racing não corre na Indy desde as 500 Milhas de Indianápolis de 2019, quando tirou Fernando Alonso da prova. Agora, no entanto, a equipe deseja voltar ao grid para fazer uma temporada completa, algo que não conseguiu em 2020 por conta da pandemia

Álex Palou foi a primeira vítima na classificação em Indianápolis (Vídeo; Reprodução)

A Juncos Racing possui experiência nas categorias menores americanas, com direitos a títulos com Conor Daly, Spencer Pigot e Kyle Kayser. Entre 2017 e 2019, conseguiu três participações consecutivas nas 500 Milhas de Indianápolis, mas não voltou a competir na categoria desde então. Agora, no entanto, quer retornar.

O momento mais marcante da pequena Juncos foi em 2019. Com Kyle Kaiser no volante, a equipe conseguiu a 33ª e última posição no grid da Indy 500, tirando o experiente Fernando Alonso e a poderosa McLaren da disputa, causando belas cenas de comemoração nos boxes do IMS.

O plano da equipe era correr a temporada completa da Indy em 2020, mas a pandemia da Covid-19 interrompeu o sonho. Em entrevista à rádio Mundo Sport, o fundador Ricardo Juncos admitiu a vontade de voltar ao grid no próximo ano.

A Juncos fez festa ao eliminar Fernando Alonso da Indy 500 de 2019 (Foto: IndyCar)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!
WEB STORIES: Relembre os 10 últimos vencedores da Indy 500

“Minha intenção é retornar à Indy o mais cedo possível e o ideal seria fazer o campeonato completo. Estávamos próximos de assinar um acordo para a temporada completa em janeiro de 2020. Em fevereiro, chegou a pandemia, então eu infelizmente larguei tudo”, disse Juncos.

“Tomei a decisão [de ficar fora em 2021] em outubro do ano passado porque eu não sabia como a pandemia ia seguir e queria ter pelo menos algumas garantias. Podemos reposicionar algumas coisas e continuar trabalhando em projetos, mas isso é bem difícil, somos um time pequeno”, completou.

Apesar da ausência na Indy, a Juncos esteve presente na temporada 2020 da Indy Pro 2000, categoria menor do automobilismo americano, com Sting Ray Robb, que conquistou o título da temporada, e Artem Petrov.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar