Franzoni vence corrida 1 em Laguna Seca, mas vê rivais no pódio e dá adeus ao sonho do título da USF2000

Victor Franzoni bem que fez a sua parte. O brasileiro cravou a pole e venceu a corrida 1 da USF2000 em Laguna Seca, mas viu Anthony Martin e Parker Thompson no pódio e, assim, deu adeus ao sonho de ser campeão da categoria em 2016

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Não tem como dizer que Victor Franzoni não fez sua parte na decisão da USF2000 em Laguna Seca. O paulista venceu a corrida 1 deste sábado (10) após cravar a pole, mas não conseguiu manter as esperanças de título já que seus adversários diretos também foram para o pódio.

 
Franzoni, assim como na classificação, sobrou na corrida. Sem ser ameaçado, cruzou a linha final com mais de 12s de vantagem para Parker Thompson. Em terceiro chegou Anthony Martin, mantendo uma folga considerável para se tornar campeão da categoria neste domingo.
 
Luke Gabin chegou na quarta colocação, seguido por Jordan Lloyd, Yufeng Luo, Phillippe Denes e Robert Megennnis.
Victor Franzoni venceu a corrida 1 da USF2000 em Laguna Seca (Foto: USF2000)
O brasileiro Lucas Kohl teve uma de suas melhores provas no ano e chegou em nono, seguido por Dakota Dickerson, que completou o top-10 da primeira corrida da decisão da USF2000 no misto californiano.
 
Martin segue folgado na frente com 369 pontos, 18 a mais que o companheiro de Cape Thompson. Já sem chances, Franzoni tem 42 a menos que o ponteiro. Kohl é o 12º, ainda podendo superar a norueguesa Ayla Agren na tabela de pontos. A corrida decisiva acontece às 17h (em Brasília).
 
PADDOCK GP #45 COMENTA FIM DE SEMANA COM F1, INDY, MOTOGP E WEC

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube