Herta segura candidatos ao título e faz pole em Laguna Seca. Newgarden é 4º

Colton Herta não quis saber dos candidatos ao título e cravou uma grande pole para o GP de Laguna Seca. Scott Dixon sai em segundo, na frente de Alexander Rossi, Josef Newgarden e Simon Pagenaud, que foi o sexto mais rápido

A disputa pela pole da grande final da Indy em Laguna Seca foi espetacular. Neste sábado (21), melhor para Colton Herta, que precisou superar os quatro candidatos ao título para largar pela terceira vez no ano na posição de honra do grid. O americano virou 1min10s141.

Na disputa pelo título, quem larga na frente é justamente o que só tem chances remotíssimas. Scott Dixon, atrás de milagre, parte de segundo, enquanto que, no confronto direto, Alexander Rossi puxa a segunda fila na frente do líder e favorito Josef Newgarden. A curiosidade é que Dixon tomou só 0s04 de Herta e Rossi ficou apenas 0s07 distante da primeira colocação do grid.

Atrás de Newgarden, que parte de lugar mais do que suficiente para quem tem tanta vantagem, ainda parte James Hinchcliffe, só depois aparece Simon Pagenaud, que quase nem ao Fast Six chegou.

Will Power não teve uma classificação em seu nível normal e larga só em sétimo, seguido por Graham Rahal, Ryan Hunter-Reay e um muito surpreendente Max Chilton, finalmente frequentando o top-10. Tony Kanaan sai de 21º e Matheus Leist de 23º, em mais uma classificação bem ruim da Foyt.

Colton Herta é pole em Laguna Seca (Foto: Indycar)
Saiba como foi a definição do grid em Laguna Seca
 

O primeiro grupo da fase inicial foi para pista com uma escalação que tinha nada menos que os quatro pilotos ainda com chances de título. Josef Newgarden, Alexander Rossi, Simon Pagenaud e Scott Dixon ainda receberam a companhia de Matheus Leist, Tony Kanaan, Sébastien Bourdais, Spencer Pigot, Zach Veach, Conor Daly, Max Chilton e Ryan Hunter-Reay.

 
A dupla brasileira da Foyt se antecipou e foi colocando os pneus macios, mas Leist virou 1min11s5 e Kanaan foi de 1min11s6, ainda marcas altas e piores que a de Newgarden, que teve 1min11s4 de duros.
 
Todo mundo trocou para pneus macios e os tempos foram caindo em sequência, mas com Newgarden mostrando um ritmo para lá de impressionante. O mais legal é que os líderes todos estavam no topo. Josef fez 1min10s4 e, depois, 1min10s3, acompanhado de perto por Rossi, Dixon e Pagenaud, todo mundo garantido na próxima fase.
 
Chilton, que passou o ano todo sofrendo, se garantiu na segunda fase junto com os gigantes e Hunter-Reay, enquanto Daly bateu na trave. Pigot, Veach, um lesionado Bourdais, Kanaan e Leist caíram.
Felix Rosenqvist jogou no lixo ótima chance de pole (Foto: Indycar)
Favorito do grupo, Rosenqvist se complica sozinho
O segundo grupo foi para a pista poucos minutos depois. Era bem mais fraco que o primeiro em termos de tabela de pontos, nele estavam: James Hinchcliffe, Marcus Ericsson, Felix Rosenqvist, Will Power, Graham Rahal, Santino Ferrucci, Charlie Kimball, Takuma Sato, Ed Jones, Jack Harvey, Colton Herta e Marco Andretti.
 
Jones se antecipou e colocou os macios mais cedo como a dupla da Foyt havia feito, mas também parou em 1min11s4, atrás de Herta e Power. Rosenqvist, muito forte nos treinos livres, rodou sozinho e perdeu bom tempo, sem causar bandeira vermelha, mas podendo dançar por isso. Aí veio a punição, perdendo as duas voltas mais rápidas e não avançando. Um candidato fora.
 
Os tempos foram caindo bastante, mas sempre com Herta e Power no comando das ações. O americano fez 1min10s2, quase 0s2 melhor que o rival. A SPM entrou também forte e colocou Ericsson e Hinch na sequência, com Ferrucci e Rahal também dentro. Rosenqvist faria a quarta marca, mas a punição o tirou da disputa, com Sato, Jones, Kimball, Andretti e Harvey.
Simon Pagenaud foi no limite ao Fast Six (Foto: Indycar)

Pagenaud passa no sufoco, mas quarteto segue para Fast Six

A bandeira verde da segunda fase aconteceu ali pelas 18h15 (em Brasília), com o trio da Penske, duas Andretti, as duas SPM, a RLL de Rahal, a Dale Coyne de Ferrucci, a Harding de Herta, a Carlin de Chilton e a Ganassi de Dixon, é claro.
 
Herta foi liderando a turma ainda com os pneus duros, mas o 1min11s2 era ainda muito alto, tudo mudaria com os macios entrando em ação ali nos 3 minutos finais.
 
E justamente foi Colton quem voou para liderar o grupo com 1min09s9, se metendo na frente dos candidatos ao título que, cada um ao seu estilo, também passaram. Dixon, Rossi e Newgarden foram mais tranquilos, Pagenaud errou na volta final, mas ainda ficou em sexto, atrás de Hinch.
 
Power teve uma classificação bem abaixo de sua média e larga em sétimo, com Rahal, Hunter-Reay, Chilton, Ericsson e Ferrucci partindo logo atrás.
Scott Dixon sairá de segundo (Foto: Indycar)
Herta estraga briga direta e crava pole
 
Desde antes do Fast Six, a impressão que ficava é que Herta poderia muito bem se meter em uma briga que tinha tudo para ter Newgarden, Rossi e Dixon. E o americano foi sendo o mais rápido já nos movimentos iniciais.
 
A volta decisiva veio e Pagenaud já fechou bem lento, atrás até de Hinch, pronto para sair de sexto. Newgarden fez um giro mediano, mas insuficiente para brigar por pole, enquanto Herta, Dixon e Rossi fizeram quase a mesma coisa. Melhor para o novato, nos centésimos.

Indy 2019, GP de Laguna Seca, Grid de largada:

1 C HERTA Harding Honda 1:10.141  
2 S DIXON Ganassi Honda 1:10.183 +0.042
3 A ROSSI Andretti Honda 1:10.211 +0.070
4 J NEWGARDEN Penske Chevrolet 1:10.672 +0.531
5 J HINCHCLIFFE SPM Honda 1:10.800 +0.659
6 S PAGENAUD Penske Chevrolet 1:10.862 +0.721
7 W POWER Penske Chevrolet 1:10.609 +0.468
8 G RAHAL RLL Honda 1:10.630 +0.489
9 R HUNTER-REAY Andretti Honda 1:10.692 +0.551
10 M CHILTON Carlin Chevrolet 1:10.726 +0.585
11 M ERICSSON SPM Honda 1:11.167 +1.026
12 S FERRUCCI Dale Coyne Honda 1:12.414 +2.273
13 C DALY Andretti Honda 1:10.779 +0.638
14 F ROSENQVIST Ganassi Honda 1:10.565 +0.424
15 S PIGOT Carpenter Chevrolet 1:10.828 +0.687
16 T SATO RLL Honda 1:10.839 +0.698
17 Z VEACH Andretti Honda 1:10.841 +0.700
18 E JONES Carpenter Chevrolet 1:10.981 +0.840
19 S BOURDAIS Dale Coyne Honda 1:11.010 +0.869
20 C KIMBALL Carlin Chevrolet 1:10.987 +0.846
21 T KANAAN Foyt Chevrolet 1:11.245 +1.104
22 M ANDRETTI Andretti Honda 1:11.053 +0.912
23 M LEIST Foyt Chevrolet 1:11.518 +1.377
24 J HARVEY Meyer Shank Honda 1:11.271 +1.130

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar