Hunter-Reay puxa nova trinca da Honda e comanda segundo treino livre marcado por acidente de King em Detroit

A Honda manteve o domínio completo em Detroit e teve mais uma trinca no TL2 com Ryan Hunter-Reay na liderança. Jordan King marcou a sessão batendo forte em duas curvas, enquanto Josef Newgarden voltou a ser o melhor da Chevrolet, em quarto

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

A Honda segue impressionando no início do final de semana em Detroit. Os japoneses repetiram o domínio do TL1 e tiveram uma trinca no segundo treino livre, com Ryan Hunter-Reay puxando a fila com 1min16s360.

Scott Dixon tornou a andar bem rápido e repetiu o segundo lugar do TL1. O neozelandês ficou apenas 0s007 atrás de Hunter-Reay, sendo seguido por James Hinchcliffe, que parece estar recuperado do baque de perder a Indy 500.

Assim como foi no primeiro treino livre, Josef Newgarden voltou a ser o piloto mais rápido da Chevrolet. O americano ficou com a quarta marca, 0s227 acima do tempo estabelecido por Hunter-Reay. O controle da Honda voltou logo depois com Marco Andretti e Graham Rahal.

A Chevrolet só teve mais um piloto no top-10: o sétimo colocado Simon Pagenaud. O resto do grupo dos mais rápidos teve Alexander Rossi, Robert Wickens e Zach Veach. Tony Kanaan foi ao muro, mas ficou em 15º, enquanto Matheus Leist foi 21º.

Se Kanaan bateu, mas voltou para a pista, o mesmo não aconteceu com Jordan King. O britânico perdeu o carro e bateu duas vezes em curvas diferentes, danificando totalmente as suspensões e preocupando para sábado e domingo.

Ryan Hunter-Reay comandou o TL2 (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)

Confira como foi o TL2 em Detroit

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

O segundo treino livre para o GP de Detroit já teve bastante ação na pista desde o início. A sessão começou às 16h10 (em Brasília), com a pista sendo tomada pelos pilotos e com tempos já bem melhores que os do TL1 desde os primeiros cinco minutos.

 
Max Chilton foi o primeiro a andar bem forte e logo conseguiu encaixar um giro exatamente na mesma marca que Sébastien Bourdais havia andado para liderar o TL1: 1min17s855.
 
Não demorou nada para que sete carros já estivessem andando abaixo de 1min18s, com Chilton inclusive melhorando para 1min17s733. O inglês vinha logo atrás de Ed Jones, Alexander Rossi e do líder Simon Pagenaud, que cravava 1min17s317.
 
Quando tudo indicava que seria uma sessão de quedas progressivas dos tempos durante 45 minutos, Jordan King resolveu parar tudo por um bom tempo. O britânico perdeu o carro e bateu muito forte nas curvas 13 e 14, danificando todas as suspensões do carro e provocando uma bandeira vermelha bem longa. Fim de TL2 para ele e drama para classificações e corridas.

A bandeira verde voltou com pouco mais de 20 minutos pela frente e os tempos seguiam caindo muito. Alexander Rossi e Will Power foram muito velozes e deixaram a casa de 1min17s para trás, com o americano cravando 1min16s796. A Schmidt Peterson também fazia bonito com os dois canadenses em terceiro e quarto.

Só que aí veio mais uma bandeira vermelha que parou tudo. Tony Kanaan rodou e foi para o muro na curva 7. Quando o #14 foi removido dali, tudo voltou ao normal e os tempos seguiram caindo muito, com Ryan Hunter-Reay cravando 1min16s360. Josef Newgarden e Marco Andretti já surgiam logo atrás.

Hunter-Reay ficou mesmo na frente, mas com Dixon bem coladinho, apenas 0s007 atrás. Hinch foi outro que apareceu para a briga e também derrotou Newgarden para entrar no top-3.

Indy, GP de Detroit 1, TL2

1 28 Ryan HUNTER-REAY EUA Andretti Honda 1:16.360   16
2 9 Scott DIXON NZL Ganassi Honda 1:16.367 +0.007 13
3 5 James HINCHCLIFFE CAN Schmidt Peterson Honda 1:16.484 +0.124 11
4 1 Josef NEWGARDEN EUA Penske Chevrolet 1:16.586 +0.226 14
5 98 Marco ANDRETTI EUA Andretti Honda 1:16.620 +0.260 16
6 15 Graham RAHAL EUA RLL Honda 1:16.710 +0.350 13
7 22 Simon PAGENAUD FRA Penske Chevrolet 1:16.789 +0.429 11
8 27 Alexander ROSSI EUA Andretti Honda 1:16.790 +0.430 17
9 6 Robert WICKENS CAN Schmidt Peterson Honda 1:16.797 +0.437 13
10 26 Zach VEACH EUA Andretti Honda 1:16.813 +0.453 17
11 18 Sébastien BOURDAIS FRA Dale Coyne Honda 1:16.846 +0.486 12
12 12 Will POWER AUS Penske Chevrolet 1:16.865 +0.505 17
13 30 Takuma SATO JAP RLL Honda 1:17.136 +0.776 14
14 59 Max CHILTON ING Carlin Chevrolet 1:17.215 +0.855 16
15 14 Tony KANAAN BRA Foyt Chevrolet 1:17.391 +1.031 9
16 21 Spencer PIGOT EUA Carpenter Chevrolet 1:17.432 +1.072 14
17 10 Ed JONES ING Ganassi Honda 1:17.532 +1.172 15
18 19 Santino FERRUCCI EUA Dale Coyne Honda 1:17.555 +1.195 15
19 88 Gabby CHAVES COL Harding Chevrolet 1:17.702 +1.342 15
20 23 Charlie KIMBALL EUA Carlin Chevrolet 1:17.727 +1.367 18
21 4 Matheus LEIST BRA Foyt Chevrolet 1:17.957 +1.597 19
22 20 Jordan KING ING Carpenter Chevrolet 1:18.982 +2.622 2
23 32 René BINDER AUT Juncos Chevrolet 1:20.458 +4.098 12

PADDOCK GP ESPECIAL BAR DO ZÉ #1

AFINAL DE CONTAS, MÔNACO MERECE OU NÃO CONTINUAR NA F1?

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height:
0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute;
top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar