Indy Lights anuncia cancelamento da temporada 2020 e planos de retorno

Categoria confirmou que problemas de calendário e saída dificuldades por parte de alguns de pilotos em razão da pandemia foram motivos

A Indy Lights, principal categoria de acesso da Indy, não correrá em 2020. O anúncio foi feito nesta segunda-feira (1), confirmando rumores de hiato, mas com retorno planejado para 2021. Será a primeira vez desde 1985 que o campeonato não será disputado.

No comunicado oficial, Dan Andersen, diretor-executivo da Andersen Promotions, informou que os problemas de calendário e a saída de pilotos das equipes por conta da pandemia forçou o hiato. A decisão, porém, não afeta a USF2000 e a Pro 2000, as outras categorias do Road to Indy.

“Os efeitos da pandemia no nosso negócio, incluindo as corridas, foi grande. As mudanças no calendário, bem como a programação de cada fim de semana e a saída de alguns pilotos impactaram a Indy Lights de maneira muito mais severa que os nossos outros campeonatos. Com pouco tempo para começar, tornou-se cada vez mais evidente que a temporada estava em risco e nosso melhor plano era uma pausa, reconstituir para 2021 e fazer o possível para aprimorar o campeonato para a próxima temporada”, declarou Anderson.

23 dos 33 pilotos da Indy 500 de 2019 passaram pela Lights (Foto: Reprodução/Road to Indy)

“Depois de discussões com a Indy e o acordo de que eles se comprometem com a continuação da Indy Lights, nós decidimos suspender a temporada. Reconhecemos que isso causará dificuldades, mas esperamos que todos os participantes notem a necessidade desta decisão. Esperamos 2021 com a promessa de melhores coisas por vir”, completou.

Antes suporte de CART, passou a fornecer pilotos para Indycar em 2002. Nomes como Paul Tracy, Bryan Herta, Greg Moore, Tony Kanaan, Cristiano da Matta, Oriol Servià, Scott Dixon e Josef Newgarden foram alguns dos campeões.

Apesar do longo histórico de formação e recentes investimentos em novo chassi e transmissões televisivas, a categoria sofre com grid esvaziado e saídas de importantes times como Schmidt Peterson e Carlin, que decidiram focar apenas no programa da categoria principal. Para 2020, apenas 10 carros estavam confirmados.

Paddockast #63 | COMO JORDAN, QUEM MERECE DOCUMENTÁRIO SOBRE O ADEUS?
Ouça também: PODCASTS APPLE | ANDROID | PLAYERFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube