Newgarden recorda erro em Mid-Ohio e admite: “Às vezes não me ajudo”

Josef Newgarden mostrou-se confiante para a final em Laguna Seca, mas recordou o erro que o fez cair de 4º para 14º em Mid-Ohio e admitiu que precisa ainda ter mais controle em algumas situações

Josef Newgarden só depende dos próprios esforços para ser bicampeão da Indy. Controlando o próprio destino, o americano falou da força da equipe, da parceria com a Chevrolet, mas também admitiu que precisa errar menos em alguns momentos, como foi o GP de Mid-Ohio, em que acertou Ryan Hunter-Reay na última volta e foi de 4º para 14º, diferença que poderia o fazer ter quase 60 pontos para os rivais antes das finais e não 41.
 
O americano da Penske falou de como a categoria é dinâmica e as provas têm momentos diferentes muito rapidamente, mas reconheceu que precisa tomar algumas decisões melhores e que fazer o que fez no misto de Lexington pode prejudicar bastante.
Josef Newgarden ainda lembra bem da besteira em Lexington (Foto: Indycar)

"Eu reconheço que tenho uns momentos ruins no carro. Mid-Ohio, definitivamente, foi um deles. Eu realmente não me ajudo de vez em quando. Minha natureza é sempre tentar mais, preciso trabalhar nisso. Acho que eu aprendi bastante sobre isso nos últimos anos, tenho evoluído, me sinto confiante. Mas é isso, uma decisão tomada pode ser boa e ruim muito rapidamente, por isso corrida é tão legal, emocionante e espetacular quando você toma a decisão certa", disse.

 
Pensando na final, sabendo que chegando em quarto já é matematicamente campeão, Josef celebrou a vantagem, mas lembrou que se trata de uma prova de pontuação dobrada, por mais que esteja confiante.
 
"Sinto que controlo meu próprio destino, claro que é bem melhor estar 41 pontos na frente e não 41 atrás, bem melhor. Mas é uma corrida de pontuação dobrada, você precisa ter um grande desempenho porque tudo é bem dinâmico com tanto ponto. A Chevrolet nos deu toda confiança do mundo, toda corrida estamos lá, comunicação excelente. Sinto que temos as melhores pessoas conosco, só precisamos executar nossa parte", completou.
 

Paddockast #33
10 ANOS DE SECA BRASILEIRA NA F1

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar