No apagar das luzes, Dixon bate Bourdais e coloca Ganassi na frente no TL2 em Mid-Ohio. Kanaan é 6º

Assim como no TL1, o mais veloz do segundo treino livre da Indy em Mid-Ohio apareceu já no final do treino. Desta vez, foi Scott Dixon que bateu Sébastien Bourdais e cravou 1min05s965. Tony Kanaan foi sexto e Helio Castroneves ficou em 11º

O segundo treino livre da Indy em Mid-Ohio seguiu a mesma linha do primeiro, com os principais pilotos aparecendo nos instantes finais nesta sexta-feira (31). Desta vez, porém, Sébastien Bourdais, o melhor do TL1, foi batido no fim, sendo superado por 0s055 pelo líder do treino Scott Dixon, que virou 1min05s965.

Bourdais ficou com a segunda colocação, confirmando o ótimo ritmo que já havia apresentado no primeiro treino livre. Will Power foi o melhor da Penske, aparecendo em terceiro. Graham Rahal ficou em quarto e Takuma Sato foi o quinto.

Jack Hawksworth fez mais um bom treino e ficou na sétima colocação, seguido por Marco Andretti, Josef Newgarden e Ryan Hunter-Reay.

Tony Kanaan fechou em sexto, enquanto Helio Castroneves foi o 11º. Juan Pablo Montoya voltou a decepcionar e foi apenas 21º.

Scott Dixon comandou o TL2 em Mid-Ohio (Foto: IndyCar)

Confira como foi o TL2 da Indy em Mid-Ohio:

O segundo treino livre da Indy em Mid-Ohio começou às 16h15 (em Brasília). Diferentemente do que aconteceu no TL1, os pilotos não perderam tempo e logo foram registrar suas primeiras marcas, com Will Power puxando a fila com 1min08s6.

 
A sessão mal tinha começado e a primeira bandeira vermelha já aparecia. Era Luca Filippi que ficava atravessado no meio da grama.
 
A primeira troca de liderança veio com 15 minutos de treino. Helio Castroneves superou o companheiro Power, mas foi aí que vários pilotos começaram a melhorar seus tempos.
 
Ryan Hunter-Reay puxava o grupo dos pilotos abaixo de 1min08s, grupo este que logo foi também ocupado por Castroneves, Power, Scott Dixon, Ryan Briscoe, Justin Wilson, Jack Hawksworth, Sage Karam e Carlos Muñoz.
 
A dupla da Ganassi apareceu na sequência com ótimos tempos. Tony Kanaan virou 1min07s346, mas logo foi batido pelo companheiro Dixon, que achou ótimo giro em 1min07s087. 
 
A segunda bandeira vermelha do TL2 apareceu com 50 minutos para o fim de treino e, inacreditavelmente, foi novamente causada por Filippi. Outra vez escapando da pista. 
Ainda na casa de 1min07s, Sato tirou Dixon da dianteira. Pouco atrás, Charlie Kimball subia para terceiro e Josef Newgarden para décimo.
 
Power foi o primeiro a baixar de 1min07s, mas rapidamente deixou a liderança. Jack Hawksworth, que fez ótimo trabalho durante quase todo o TL1, foi para a frente com 1min06s826.
 
Líder do TL1, Sébastien Bourdais voltou à ponta com 1min06s6, junto dele aparecia o brasileiro Castroneves.
 
A terceira vez que a bandeira vermelha foi acionada aconteceu com pouco mais de 25 minutos para o fim do treino. James Jakes acabara de tomar a ponta, quando Rodolfo González rodou e ficou do lado errado da pista.
 
Os grandes favoritos surgiram já no final com as melhores voltas. Com 15 minutos restantes, Power, Bourdais, Dixon e Castroneves já iam para a ponta. O tempo do australiano era o melhor do dia: 1min06s078.
 

Assim como no TL1, os últimos minutos reservaram muitas trocas nas primeiras colocações. Primeiro, Bourdais foi para a dianteira, na sequência, Dixon apareceu para liderar e cravar uma excelente volta em 1min05s965. Apagado até então, Graham Rahal fechou no quarto posto.

Indy, Mid-Ohio, TL2:

1 9 SCOTT DIXON NZL GANASSI CHEVROLET 1:05.965   31
2 11 SÉBASTIEN BOURDAIS FRA KV CHEVROLET 1:06.019 +0.054 30
3 1 WILL POWER AUS PENSKE CHEVROLET 1:06.078 +0.113 30
4 15 GRAHAM RAHAL EUA RLL HONDA 1:06.105 +0.140 27
5 14 TAKUMA SATO JAP FOYT HONDA 1:06.136 +0.171 30
6 10 TONY KANAAN BRA GANASSI CHEVROLET 1:06.155 +0.190 30
7 41 JACK HAWKSWORTH ING FOYT HONDA 1:06.255 +0.290 34
8 27 MARCO ANDRETTI EUA ANDRETTI HONDA 1:06.320 +0.355 33
9 67 JOSEF NEWGARDEN EUA CFH CHEVROLET 1:06.450 +0.485 29
10 28 RYAN HUNTER-REAY EUA ANDRETTI HONDA 1:06.498 +0.533 30
11 3 HELIO CASTRONEVES BRA PENSKE CHEVROLET 1:06.516 +0.551 35
12 5 RYAN BRISCOE AUS SCHMIDT PETERSON HONDA 1:06.546 +0.581 33
13 7 JAMES JAKES ING SCHMIDT PETERSON HONDA 1:06.602 +0.637 32
14 4 STEFANO COLETTI MCO KV CHEVROLET 1:06.632 +0.667 34
15 19 TRISTAN VAUTIER FRA DALE COYNE HONDA 1:06.670 +0.705 28
16 98 GABBY CHAVES COL BRYAN HERTA HONDA 1:06.724 +0.759 35
17 26 CARLOS MUÑOZ COL ANDRETTI HONDA 1:06.768 +0.803 37
18 20 LUCA FILIPPI ITA CFH CHEVROLET 1:06.788 +0.823 33
19 83 CHARLIE KIMBALL EUA GANASSI CHEVROLET 1:06.843 +0.878 32
20 25 JUSTIN WILSON ING ANDRETTI HONDA 1:06.963 +0.998 35
21 2 JUAN PABLO MONTOYA COL PENSKE CHEVROLET 1:06.993 +1.028 21
22 8 SAGE KARAM EUA GANASSI CHEVROLET 1:07.120 +1.155 31
23 22 SIMON PAGENAUD FRA PENSKE CHEVROLET 1:07.303 +1.338 30
24 18 RODOLFO GONZÁLEZ VEN DALE COYNE HONDA 1:08.187 +2.222 31

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube