Norris admite que adoraria chance de correr Indy 500 em “algum momento no futuro”

O piloto da McLaren admitiu que deseja disputar a prova, mas sabe que a carreira na Fórmula 1 tende a atrasar a vontade em alguns bons anos

Lando Norris estreou na Indy apenas de maneira virtual, vencendo a prova de simulador realizada na tarde deste sábado (25) na representação da pista do Circuito das Américas. O inglês, entretanto, tem vontade de participar das 500 Milhas de Indianápolis no futuro.
 
Apesar da declaração, Norris, de 20 anos, aparentou estar resignado do fato de que tal oportunidade só vai acontecer num futuro mais distante. Apenas no segundo ano de Fórmula 1, é improvável que seja liberado pela McLaren em qualquer momento no futuro próximo. 
 
"O mais importante é que eu quero que todos nós voltemos a correr, não apenas na F1, mas na Indy também, todo mundo. Queremos voltar ao carro e correr novamente. Quando isso acontecer, o que espero que seja rápido, então creio que vou precisar focar no meu trabalho e na minha carreira. Espero que, em algum momento, tenha a oportunidade de guiar um carro da Indy", declarou. 
 
"Guiei carros diferentes na adolescência enquanto estava no caminho para a F1. Fiz as 24 Horas de Daytona com um LMP2 e adoraria explorar mais variedade, mas não agora. Agora o foco é na F1", falou.
Lando Norris participa de todas as provas online da F1, apesar de ter ficado de fora das duas últimas por problemas de conexão. (Foto: Reprodução)
"Em algum momento no futuro, quero correr a Indy 500 ou uma corrida destacada dessas, alguma coisa. Adoraria a oportunidade de vir para os Estados Unidos e tentar. É algo que penso sobre o futuro", seguiu. 
 
Já com relação à edição virtual da Indy 500, marcada para a semana que vem, falou que gostaria de participar, mas precisa de uma decisão da McLaren.
 
"Vou tentar, mas não tenho certeza. Tenho corrido um pouco em ovais no simulador da Indy, para falar a verdade. É muito divertido. Não fiz nenhuma grande competição. Tenho certeza que as pistas mistas são mais fáceis de algumas maneiras, porque é o que estou acostumado a fazer e nunca guiei em ovais [reais]. Muitos pilotos da Indy guiam regularmente nos ovais, eles vão conhecer truques que eu não conheço. Será um pouco vice e versa", comentou.
 
"Preciso conversar com a equipe, com a McLaren SP. Espero que sim, espero ter essa oportunidade", finalizou.
 
Já a F1, como quase tudo no esporte internacional, segue em suspenso.

 

Paddockast #58
COMO SERIA O GRID DA F1 SEM PILOTOS DA F1?

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

 
COMO SE PREVENIR DO CORONAVÍRUS:
 

☞ Lave as mãos com água e sabão ou use álcool em gel.
☞ Cubra o nariz e boca ao espirrar ou tossir.
☞ Evite aglomerações.
☞ Mantenha os ambientes bem ventilados.
☞ Não compartilhe objetos pessoais.

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube