Pole no Alabama, Hunter-Reay exalta trabalho da Andretti: “Espero que nosso ano comece agora”

Atual campeão, o piloto não fez uma boa prova de abertura. Por isso, de olho na recuperação, ele contou que a equipe trabalho duro no intervalo entre a primeira e a segunda etapa

Nos segundos finais do treino que definiu o grid de largada do GP do Alabama, disputado neste sábado (6), Ryan Hunter-Reay surpreendeu Will Power e ficou com a pole-position da etapa e quebrou o domínio de três temporadas da Penske na primeira posição da prova.
 
Muito satisfeito com sua posição de largada, o atual campeão exaltou o trabalho da Andretti no acerto do carro. “Esta equipe tem ido muito bem neste fim de semana, que apenas melhoramos, mantivemos o progresso e sabíamos que precisávamos trabalhar”, explicou.

Ryan Hunter-Reay vai largar na pole-position do GP do Alabama (Foto: Chris Jones/Indycar)

 
“Eu fui bem na minha pilotagem, mas todos nós [da equipe] fizemos um bom trabalho. É uma ótima posição para começar e temos que fazer tudo bem no warm-up e na corrida”, completou o piloto.
 
Falando da pista, Hunter-Reay contou que a característica do circuito é um dos grandes desafios do final de semana. “É uma pista muito desafiadora em que a agressividade pode te recompensar, mas se você excede isso um pouco, [a pista] te pune severamente”, disse.
 
“Nós trabalhamos para tornar o carro melhor. Esta equipe tem feito um grande trabalho entre as corridas no desenvolvimento da configuração, e tivemos um grande teste aqui, com todos na equipe trabalhando unidos. Espero que nosso ano comece agora”, finalizou o americano, desejando esquecer a corrida ruim que fez em São Petersburgo.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube