Power celebra “corrida normal” e reclama de sistema de bandeiras amarelas na Indy

Will Power voltou ao pódio, mas não está nada satisfeito com o sistema das bandeiras amarelas na Indy. Penske foi bastante prejudicada em 2020

Will Power retornou ao pódio da Indy na corrida 2 de Iowa. Após duas provas desastrosas em sequência, o australiano se beneficiou do bom ritmo da Penske para ficar com o segundo lugar, apenas atrás do companheiro de equipe Josef Newgarden.

Em entrevista coletiva virtual após a corrida, Power destacou a normalidade da corrida, que teve apenas duas intervenções de bandeiras amarelas, que foram vilãs da Penske durante a temporada.

“É muito bom ter uma corrida normal. Adoraríamos ter a vitória, é claro, mas parece que se você faz um bom trabalho na categoria, acaba prejudicado. Fico grato por ter um bom resultado”, disse o piloto australiano.

Will Power foi segundo colocado em Iowa (Foto: Indycar)

Power também protestou contra o atual formato das bandeiras amarelas na Indy. Apesar de não sugerir uma mudança, o veterano se mostrou irritando com o número de vezes que a Penske acabou prejudicada durante o ano.

“Eles têm de mudar a regra. As pessoas trabalham e investem muito para ter os carros lá na frente. Não fosse isso, eu já teria vencido e o Josef [Newgarden] estaria na liderança do campeonato em vez do Scott Dixon”, completou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube