Power supera Newgarden e crava pole da corrida 1 de Mid-Ohio. Dixon é 17º

A Penske apareceu para o jogo e dominou a classificação da Indy em Mid-Ohio 1 com Will Power. O time só não fez 1-2 no grid pelo regulamento da classificação, que jogou Josef Newgarden para trás de Ryan Hunter-Reay, melhor carro do segundo grupo

A Penske teve uma classificação de domínio para a corrida 1 da Indy em Mid-Ohio. Neste sábado (12), a equipe teve os dois melhores tempos, com Will Power cravando a pole e Josef Newgarden saindo de terceiro apenas pelo regulamento, que faz com que cada fila tenha um piloto de cada grupo. Assim, é Ryan Hunter-Reay quem larga ao lado de Power na prova deste sábado.

Conor Daly parte na quarta colocação após um ótimo desempenho na classificação, atrás de Newgarden. A terceira fila vai ter Jack Harvey e Alexander Rossi, que superou uma escapada para fazer uma boa volta.

Felix Rosenqvist, Graham Rahal, Rinus VeeKay e Simon Pagenaud completam o top-10 do grid da corrida 1. Pato O’Ward, que ainda sonha com título, sai somente de 15º, enquanto o líder absoluto Scott Dixon será o 17º.

A largada para a corrida 1 da rodada dupla de Mid-Ohio está prevista para 18h (em Brasília).

Will Power sai na pole em Mid-Ohio 1 (Foto: IndyCar)

Saiba como foi a definição do grid em Mid-Ohio

A classificação para a corrida 1 da Indy em Mid-Ohio seguiu o esquema das demais rodadas duplas em circuitos mistos: dois grupos de 12 minutos e o melhor tempo geral ficaria com a pole. Os demais componentes do grupo ficariam com as posições ímpares, enquanto os pilotos do grupo perdedor iriam para o lado par das filas.

O primeiro grupo tinha alguns ótimos nomes. Ao todo eram 11 pilotos ali: Josef Newgarden, Scott Dixon, Felix Rosenqvist, Marcus Ericsson, Pato O’Ward, Will Power, Rinus VeeKay, Zach Veach, Jack Harvey, Colton Herta e Marco Andretti.

Com 1min07s272, Power puxava a fila em Mid-Ohio seguido por Herta, Rosenqvist, Dixon e Newgarden, mas era bem possível que nada daquilo fosse suficiente, afinal, os últimos 4 minutos decidiriam, com a turma toda colocando os pneus macios. Calçados com os compostos vermelhos, as marcas foram caindo consideravelmente, com Dixon cravando 1min07s1, mas ainda demonstrando margem para mais. Rosenqvist, abrindo o minuto final, virou em 1min06s7, uma volta que finalmente era bem forte.

Foi então que, na última volta de todo mundo, a Penske cresceu e mostrou uma força que parecia escondida no restante da temporada. Power rugiu alto e fez 1min06s334, talvez ainda abaixo do necessário para a pole, mas o melhor do grupo. O 1-2 veio com Newgarden, 0s2 atrasado e garantido na segunda fila da corrida 1.

Harvey, Rosenqvist, VeeKay, Andretti e Herta vieram na sequência, enquanto os favoritos O’Ward e Dixon decepcionaram muito. O mexicano parecia ainda sofrer com os efeitos da pancada que deu no TL1, mas ainda assim ficou na frente do neozelandês, líder absoluto do campeonato e que sai só da nona fila neste sábado. Apenas Veach e Ericsson foram mais lentos que Dixon.

Scott Dixon sai apenas de 17º (Foto: Indycar)

Hunter-Reay lidera Grupo 2, mas longe de Power

O segundo grupo veio logo depois com Charlie Kimball, Oliver Askew, Dalton Kellett, Graham Rahal, Santino Ferrucci, Simon Pagenaud, Ryan Hunter-Reay, Conor Daly, Álex Palou, Max Chilton, Takuma Sato e Alexander Rossi, um carro a mais que no primeiro.

Novamente, como é comum, os pilotos fizeram mais do que a primeira metade com os pneus duros, com Rossi fazendo a melhor marca em 1min08s222. Mas Rossi também quase bateu, passeando na grama ao tentar o limite do carro. Pior foi para Palou, que rodou, causou uma bandeira amarela localizada e perdeu seu melhor tempo até ali.

Assim como no primeiro grupo, pneus macios para os pilotos faltando pouco mais de 4 minutos, o que seria suficiente para duas voltas rápidas, aliás, bem mais rápidas do que as com compostos duros. A marca a ser batida para a pole em Mid-Ohio 1 era 1min06s334, de Power.

Hunter-Reay foi quem virou mais rápido com 1min06s9 e, depois, 1min06s7. Daly se aproximou, Rossi, Rahal e Pagenaud até tentaram, mas o cronômetro zerava com a pole de Power. Hunter-Reay ficou com o segundo lugar, com o lado par das filas ocupados por Daly, Rossi, Rahal, Pagenaud, Chilton, Ferrucci, Askew, Sato, Palou, Kimball e Kellett.

Indy 2020, GP de Mid-Ohio 1, Grid de largada:

1W POWERPenske Chevrolet1:06.334 
2R HUNTER-REAYAndretti Honda1:06.729+0.395
3J NEWGARDENPenske Chevrolet1:06.551+0.217
4C DALYCarpenter Chevrolet1:06.876+0.542
5J HARVEYMeyer Shank Honda1:06.769+0.435
6A ROSSIAndretti Honda1:07.186+0.852
7F ROSENQVISTGanassi Honda1:06.784+0.450
8G RAHALRLL Honda1:07.221+0.887
9R VEEKAYCarpenter Chevrolet1:07.011+0.677
10S PAGENAUDPenske Chevrolet1:07.249+0.915
11M ANDRETTIAndretti Honda1:07.016+0.682
12M CHILTONCarlin Chevrolet1:07.449+1.115
13C HERTAAndretti Honda1:07.021+0.687
14S FERRUCCIDale Coyne Honda1:07.501+1.167
15P O’WARDMcLaren Chevrolet1:07.035+0.701
16O ASKEWMcLaren Chevrolet1:07.621+1.287
17S DIXONGanassi Honda1:07.141+0.807
18T SATORLL Honda1:07.819+1.485
19Z VEACHAndretti Honda1:07.210+0.876
20A PALOUDale Coyne Honda1:08.155+1.821
21M ERICSSONGanassi Honda1:07.389+1.055
22C KIMBALLFoyt Chevrolet1:08.378+2.044
23D KELLETTFoyt Chevrolet1:08.544+2.210

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube