Dixon lamenta “fim de semana horrível” no GP de Indianápolis 2: “Foi frustrante”

Scott Dixon não foi bem no GP de Indianápolis 2. Além de errar na classificação, largou no fim do grid e não conseguiu se aproximar de Álex Palou, mesmo com o abandono do líder do campeonato

Palou abandona o GP de Indianápolis 2 (Vídeo: Indycar)

Scott Dixon chegou a Indianápolis como vice-líder do campeonato, mas teve um fim de semana para esquecer. Primeiro, errou na classificação, quando rodou, e largou apenas em 26º. Na corrida, foi discreto e não passou do 17º lugar, um resultado bem diferente do que nos acostumamos a ver do neozelandês.

Para piorar, Dixon viu o companheiro Álex Palou, líder do campeonato, abandonar o GP de Indianápolis 2. E caiu para terceiro no campeonato, superado por Patricio O’Ward. A sequência de azares na parte final da temporada colocam a chance de mais um título em xeque.

“Foi um fim de semana horrível. Tive um erro na classificação e isso afetou nossa posição no grid. Na verdade, avancei bem na corrida, acho que cheguei a 12º ou 13º. Poderia ser um top-10 se tivesse pneus vermelhos [macios] na última parte”, disse o piloto da Ganassi.

Scott Dixon em ação em Indianápolis (Foto: IndyCar)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

“Quando rodei [na classificação], arruinei os pneus [macios] e não tinha esse tipo de composto na corrida. Foi um fim de semana frustrante, uma corrida frustrante”, seguiu.

Com o resultado no GP de Indianápolis 2, Dixon caiu para terceiro na tabela, mas segue com boas chances de título em 2021. Palou ainda é o líder do certame, com 415 pontos, seguido por O’Ward, com 394, e Dixon, com 381. A Indy volta já neste fim de semana, com a última etapa em oval do campeonato, no oval curto de Gateway, na noite do próximo sábado (21), a partir das 21h40 (em Brasília).

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar