McLaughlin acerta estratégia, se vale de erro de Grosjean e vence GP do Alabama

Romain Grosjean errou, e Scott McLaughlin se valeu da estratégia de três pit-stops da Penske para faturar o GP do Alabama, disputado neste domingo (30). Primeira vitória do francês foi adiada

Scott McLaughlin adiou a primeira vitória de Romain Grosjean na Indy. O francês da Andretti anotou pole, foi o piloto que mais liderou voltas, mas um erro crucial no terço final do GP do Alabama, disputado neste domingo (30), jogou o triunfo nas mãos do neozelandês da Penske, que venceu pela primeira vez em 2023.

Grosjean ainda salvou o pódio com o segundo lugar, se defendendo do atual campeão Will Power, da Penske, nas voltas finais. Foi o primeiro top-3 do australiano em 2023. O mexicano Pato O’Ward, da McLaren, finalizou a prova no quarto lugar, seguido pelo espanhol Álex Palou, da Ganassi, que fechou o top-5.

Relacionadas


Christian Lundgaard, da RLL, surpreendeu com o sexto lugar em Barber, seguido pelo hexacampeão Scott Dixon, da Ganassi. Parceiros de O’Ward na McLaren, Alexander Rossi e Felix Rosenqvist vieram na sequência, enquanto Marcus Ericsson, que chegou em Birmingham liderando o campeonato, foi décimo e ainda sustenta a liderança.

O brasileiro Helio Castroneves não teve grande resultado com a Meyer Shank. O piloto finalizou apenas na 21ª posição, a mesma que largou, apenas 3 postos atrás do companheiro de equipe Simon Pagenaud, que foi 18º.

A Indy retorna em duas semanas com o GP de Indianápolis 1, no circuito misto do Speedway. A corrida acontece no dia 13 de maio.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Saiba como foi o GP do Alabama:

A largada foi dada às 16h30 (de Brasília, GMT-3). Grosjean sustentou a ponta nas primeiras curvas. O’Ward surpreendeu Palou e chegou a atacar o líder, mas acabou precisando recuar e seguiu no terceiro lugar. Dixon passou McLaughlin, enquanto Newgarden superou Lundgaard, Rosenqvist deu um toque em Josef e acabou rodando, indo para o fundo do pelotão.

Na terceira volta, Palou iniciou os ataques sobre Romain, mas o francês resistiu e conseguiu abrir uma distância mais confortável. O top-10 também tinha O’Ward, Dixon, McLaughlin, Newgarden, VeeKay, Rossi, Herta e Lundgaard. Na volta 13, Newgarden, que tinha pneus duros, surpreendeu e foi o primeiro a ir aos boxes, antecipando de que iria para 3 paradas. McLaughlin repetiu o plano dois giros depois.

O primeiro quarto da corrida tinha Grosjean na ponta, com vantagem confortável para Palou, que era seguido por O’Ward, Dixon, VeeKay, Lundgaard, Herta, Kirkwood, Ericsson e Pagenaud. Christian, da RLL, se destacou pelo ritmo de pneus duros, alcançando o quinto lugar, enquanto Colton começou a decepcionar e perdeu posições.

Na volta 28, Lundgaard parou e colocou macios. Na 29, vieram O’Ward, Dixon e Kirkwood, colocando duros. Na 30, foi a vez de Grosjean, Palou e Ericsson, colocando duros também. Com todos os pilotos oficialmente com 1 pit-stop feito, a nova ordem dos carros tinha Newgarden líder, seguido por McLaughlin, Rossi, Power, Rosenqvist, Grosjean, Malukas, O’Ward, Palou e Lundgaard.

Com 38 voltas, Newgarden veio para o segundo pit-stop, colocando pneus macios novamente. McLaughlin, Rossi e Power rapidamente vieram aos boxes na expectativa de uma bandeira amarela por conta de Sting Ray Robb, que encostou o carro na área de escape. O pace-car eventualmente veio.

O novo top-10 tinha Grosjean na liderança, seguido por McLaughlin, O’Ward, Palou, Lundgaard, Dixon, Rossi, Newgarden, Power e Kirkwood. A relargada aconteceu na volta 42. Grosjean se manteve bem na liderança, com McLaughlin em segundo e Pato pressionando bastante. Christian Lundgaard surpreendeu Palou e conseguiu a ultrapassagem pelo quarto lugar.

Na briga pelas últimas posições, Rahal e Daly se tocaram, com o piloto da Carpenter saindo da pista e caindo para o 26º e último lugar. Na volta 61, Grosjean veio para o segundo pit-stop, assim como O’Ward e Lundgaard. No giro seguinte, foi a vez de Dixon e Palou surgirem no pit-lane. A liderança, então, foi para as mãos de McLaughlin, com Power em segundo e Power em terceiro.

O neozelandês veio para os boxes na volta 63. O piloto da Penske retornou à frente de Grosjean, mas o franco-suíço conseguiu uma grande ultrapassagem e retomou o posto. Com os pit-stops de Power, Rosenqvist e Rossi, a ordem foi restabelecida, com Romain líder de novo, mas Scott em segundo perseguindo de perto.

Ultrapassagem de Grosjean sobre McLaughlin (Vídeo: Indycar)

Na volta 72, porém, McLaughlin surpreendeu após Grosjean errar sozinho. O neozelandês assumiu a liderança na curva 8, enquanto o francês tinha zero push-to-pass para gastar. Scott caminhou para mais uma vitória, enquanto Romain precisou se defender, com sucesso, de Will Power, que acertando a estratégia, finalizou o pódio em Barber.

Indy 2023, GP do Alabama, Barber, Corrida:

1S MCLAUGHLINPenske Chevrolet1:47:58.94090 voltas
2R GROSJEANAndretti Honda+1.785 
3W POWERPenske Chevrolet+3.269 
4P O’WARDMcLaren Chevrolet+20.574 
5A PALOUGanassi Honda+20.976 
6C LUNDGAARDRLL Honda+23.531 
7S DIXONGanassi Honda+24.276 
8A ROSSIMcLaren Chevrolet+25.058 
9F ROSENQVISTMcLaren Chevrolet+25.510 
10M ERICSSONGanassi Honda+26.019 
11M ARMSTRONGGanassi Honda+28.552 
12K KIRKWOODAndretti Honda+36.366 
13C ILOTTJuncos Chevrolet+42.444 
14C HERTAAndretti Honda+43.778 
15J NEWGARDENPenske Chevrolet+45.734 
16R VEEKAYCarpenter Chevrolet +55.111 
17G RAHALRLL Honda+56.442 
18S PAGENAUDMeyer Shank Honda+56.750 
19D MALUKASDale Coyne Honda+57.765 
20S FERRUCCIFoyt Chevrolet+58.510 
21H CASTRONEVESMeyer Shank Honda+1:00.084 
22B PEDERSENFoyt Chevrolet+1:01.306 
23D DEFRANCESCOAndretti Honda+1:03.192 
24J HARVEYRLL Honda+1:04.539 
25C DALYCarpenter Chevrolet +1:05.605 
26A CANAPINOJuncos Chevrolet+1:06.148 
27S RAY ROBBDale Coyne Honda+54 voltasNC
Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Indy direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.