Indy

"Sem muito a dizer", Kanaan lamenta GP de Mid-Ohio da Foyt: "Corremos sozinhos"

Tony Kanaan lamentou bastante o rendimento da Foyt em Mid-Ohio e o fato da equipe não ter conseguido ritmo para acompanhar as rivais em uma prova sem bandeiras amarelas

Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo
O 20º lugar no GP de Mid-Ohio da Indy deixou Tony Kanaan bastante desapontado e até sem saber o que dizer. O veterano ficou frustrado não só pelo resultado, mas pelo fato da Foyt não ter tido qualquer chance de disputar algo em uma prova que foi de bandeira verde nas 90 voltas.
 
Kanaan lembrou que a classificação já começou a tirar o time da disputa e que a única chance estava na tática, que praticamente não existiu em Lexington.
 
"Sinceramente, não tenho muito a dizer. Começamos lá no fundo do grid e precisávamos tentar algum pulo na estratégia", disse.
Tony Kanaan sofreu em Mid-Ohio (Foto: Indycar)
Segundo Tony, foi uma corrida inteira em um mundo particular, longe de qualquer disputa.
 
"Só que sem uma única amarela na corrida a gente não teve ganho nenhum em relação ao que planejamos, ficamos correndo sozinhos a prova toda", completou.
 
A Foyt vive um ano especialmente duro em 2019 e só teve três top-10 até aqui. Tony conquistou dois deles, ocupando parcialmente o 18º lugar geral com 199 pontos. 

 
Paddockast #26
Acidentes que alteraram carreiras


Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.