Indy

Veach se diz “100% confiante” em vitória em 2019 e pede “consistência para chegar onde queremos”

Zach Veach teve um ano de novato de altos e baixos, mas está bem confiante de que vai crescer em consistência para 2019 e crê no primeiro triunfo na Indy com a Andretti

Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo
Zach Veach foi apenas 15º em sua primeira temporada como titular na Indy, mas mostrou evolução na segunda metade do campeonato. Já mais experiente, o americano espera um 2019 mais consistente e crê na primeira vitória para embalar e chegar em 2020 ao estágio que deseja: sempre entre os ponteiros da categoria.
 
Veach falou que a primeira meta era entender os problemas que teve em 2018 e explicou que, apesar de agora estar mais adaptado à categoria, precisou de tempo para se acostumar aos ovais.
 
"Acho que precisávamos ver o que deixamos para trás em 2018. A maior meta na segunda metade do ano passado era estar consistentemente no top-10 e eu creio que conseguimos isso. Fui me sentindo mais confortável em todos os tipos de pista. No oval, não é difícil acelerar e encostar em quem anda na frente, mas, sim, se manter lá. É tentar não cometer erro para não sair dessa briga", disse.
Zach Veach confia que a primeira vitória sairá em 2019 (Foto: IndyCar)
Zach acredita que a primeira vitória pode sair já em 2019 - o americano nem pódio ainda conquistou -, mas reconhece que ainda precisa também de ajustes em circuitos mistos e de rua.
 
"Acho que estamos hoje em uma boa posição. Nos ovais, me sinto 100% confiante de que posso vencer esse ano. Estou me sentindo muito forte, mais do que nunca. Nas ruas e mistos, sinto que preciso melhorar ainda um pouco, em coisa como velocidade na classificação e consistência, é aquilo de achar 0s2 que faltam, mas vamos conseguir também", seguiu.
 
O americano de 24 anos deixou claro também que o objetivo maior é de se firmar entre os ponteiros para 2020, mas vê 2019 como passo importante para isso.
 
"Se a gente conseguir um ano de consistência no top-10 e com alguns top-5 e até vencendo pela primeira vez, aí acho que a minha terceira temporada será exatamente onde queremos estar", completou.