De olho nos pneus, pilotos da America Net dizem que “não adianta só velocidade”

Diego Nunes e Enzo Bortoleto sabem que a America Net tem bastante velocidade, mas acreditam que consistência será fundamental para a vitória nas 500 Milhas de Kart, olhando para a calibragem dos pneus com a mudança de temperatura

A America Net busca o bicampeonato das 500 Milhas de Kart da Granja Viana e deu um primeiro passo fundamental com a pole. No entanto, o time composto por Alberto Catucci, Enzo Bortoleto, Lucas Souza, Rafael Reis, Diego Nunes e Lucas Zanchet sabe que velocidade não vai ser o único fator para o triunfo numa prova de 12 horas, longe disso.
 
Ao GRANDE PRÊMIO, Enzo Bortoleto e Diego Nunes falaram do que esperam para a prova, deixando claro o pé no chão e projetando a prova na base da consistência e do cuidado com o equipamento. Velocidade? Ambos sabem que o time tem, mas existem alguns detalhes como a calibragem dos pneus que precisam ser bem cuidados na corrida.
 
"A classificação foi muito boa, conseguimos dois karts se empurrando, isso melhorou uns 0s4, 0s5, aí garantimos o top qualify. Lá, o Catucci conseguiu uma grande volta, foi bem positivo. A temperatura mudou um pouco, então é mais sobre conseguir aquecer os pneus, mas não adianta ter um kart muito rápido no começo, o negócio é conseguir manter a consistência. É cuidar bastante da calibragem dos pneus, mas o motor, claro, vai fazer a diferença", disse Enzo.

O kart #319 da America Net ficou com a pole-position das 500 Milhas de Kart (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
"Treinei bastante com o #185, mas estamos com problemas naquele chassi, felizmente os outros vão de primeiro e terceiro. Mas a largada nem conta tanto assim, negócio é poupar o equipamento, acertar nas paradas, aí nas últimas duas horas bolar bem a estratégia para tentar buscar a vitória. O lance agora é calibragem dos pneus, é tentar não ficar pulando na zebra, não bater em ninguém, cuidar bem do kart. Sabemos que temos velocidade, mas só vamos ter uma ideia legal se dá para vencer depois da primeira metade da corrida", comentou Diego.
 
A Scuderia GP, equipe do GP, larga em segundo e terceiro na classe Light e conta com dois karts, #44 e #125, e onze pilotos: André Mansano, André Cunha, Alex Campo, Alfredo Salvaia, Elisson Gandolfo, Fabio Nakiri, Gustavo Ariel, Helio Jr, Marcelo Hayasaka, Marcos Alemão e Sidney Rogério.
 
Você acompanha a cobertura completa ‘in loco’ do GRANDE PRÊMIO com os repórteres Felipe Noronha, Gabriel Curty, Guilherme Bloisi, Nathalia De Vivo e os fotógrafos Gabriel Pedreschi e Rodrigo Berton.

Paddockast #46
OS 10 MELHORES PILOTOS DA DÉCADA

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube