Shell Fittipaldi mantém frente na metade das 500 Milhas de Kart. Scuderia GP é 45ª

A Shell Fittipaldi ampliou um pouco a vantagem na dianteira e cruzou a metade das 500 Milhas de Kart na liderança. A America Net aparece como principal rival, enquanto a Scuderia GP briga por pódio na Light

Vitor Meira manteve a Shell Fittipaldi nos trilhos para liderar com alguma margem as 500 Milhas de Kart da Granja Viana. Neste sábado (21), o brasiliense segurou o #1 no primeiro lugar ao final da sexta hora de corrida, mas com vantagem maior que a anterior para o segundo lugar, que é do #301 da America Net, com José Ricardo de Oliveira.

Além de Meira, estão no kart Felipe Baptista, Christian Fittipaldi, Danilo e Dennis Dirani, Rubens Carrapatoso e Diego Ramos. America Net também tem a terceira colocação, com Gabriel Bortoleto no #85.

O #2 da Shell Fittipaldi, o #26 da Kiss, o #191 da Matrix e o #731 da DRC aparecem na sequência da tabela de tempos. Na Light, liderança da AWR, que ainda tem a 16ª colocação geral provisória.

Felipe Baptista no #1 da Shell Fittipaldi (Foto: José Mário Dias)

Na Scuderia GP, os dois karts pegaram o elevador e escalaram o fundo do grid. O #125 já aparece em 44º com André Mansano, com o #44 na 48ª colocação, com Alfredo Salvaia, ambos na briga pelo pódio da Light no momento, em quarto e sétimo, respectivamente.

"Foi muito desgastante, andei 1h30, está muito calor, a pista está muito emborrachada. Depois do meio da minha perna deu uma chuvisqueira, a pista ficou lisa, mas acho que durou quatro ou cinco voltas, todo mundo diminuiu o ritmo, subiu uns 7s o tempo, depois seciou e começou a pauleira de novo. Uma prova disputada como sempre, difícil, difícil, estou morto, quebrado. O kart está bom, tem motor bom, senti um pouco de dificuldade para virar para a direita, mas acho que tem todo o tempo de treino, chassi, da prova, está muito bom. Diante de todos os percalços da largada, ficar preso naquele bolo e tudo, acho que temos chance, sim", disse Elisson Gandolfo.
 
"A pista estava bem quente, muito calor, coração a mil antes de entrar no kart, mas logo depois das primeiras voltas fui assentando e consegui fazer uma boa perna. Foi 1h30 de perna, então foi bem desgastante, estou todo dolorido, mas foi muito boa, consegui recuperar algumas posições que havíamos perdido. O calor estava muito forte, o kart estava muito difícil de dirigir para o lado direito, então, nas principais curvas, 2 e meio e miolo, tinha que tirar muito o pé, mas, em compensação, o motor estava muito bom. Então deu para ir levando 1h30 até o talo da gasolina. Muito legal, emocionante, como sempre uma experiência que vai ficar para a posteridade", explicou Helio Jr.

Alex Campo em ação nas 500 Milhas de Kart (Foto: Gabriel Pedreschi/Grande Prêmio)

"A pista está muito gostosa, o traçado, com o coração, fica um pouco melhor para nós que somos ‘indoorzeiros’, temos muita malícia de sair do tobogã com muita tração. Peguei o kart com a quarta perna do pneu, fim do pneu. Não consegui virar muito baixo, pegamos um motor que tinha acabado de quebrar e colocaram o motor sem testar, sem saber se estava bom ou ruim. Na minha perna, infelizmente descobrimos que o motor está limitando, então, antes da linha de chegada já estava limitando o motor, não conseguia virar no tempo dos líderes. Acho que se tivesse, conseguiria andar muito para frente, colocar o #44 muito na frente. Está muito quente, com a pulseira batendo 130 bpm, 51ºC quando saí do kart, então está bem quente a pista, mas está uma delícia. Por incrível que pareça, está todo mundo muito respeitoso dentro da pista, os PRO, os Barrichello, os Piquet, a comunicação está bem legal. É sempre gostoso andar com esses caras, é um sonho, realizar um sonho. É legal para caramba, vamos lá, vamos para cima", comentou Alex.


A Scuderia GP, equipe do GP, conta com dois karts, #44 e #125, e onze pilotos: André Mansano, André Cunha, Alex Campo, Alfredo Salvaia, Elisson Gandolfo, Fabio Nakiri, Gustavo Ariel, Helio Jr, Marcelo Hayasaka, Marcos Alemão e Sidney Rogério.
 
Você acompanha a cobertura completa ‘in loco’ do GRANDE PRÊMIO com os repórteres Felipe Noronha, Gabriel Curty, Guilherme Bloisi, Nathalia De Vivo e os fotógrafos Gabriel Pedreschi e Rodrigo Berton.

500 Milhas de Kart, Classificação geral após seis horas:
 
1º- #1 Shell Fittipaldi (Vitor Meira)
2º- #301 Americanet KTF (José Ricardo de Oliveira)
3º- #85 Americanet KTF (Gabriel Bortoleto)
4º- #2 Shell Fittipaldi (Diego Ramos)
5º- #26 Kiss (Allan Soubihe)
6º- #191 Matrix (Rodrigo Natel)
7º- #731 DRC (Higor Huertas)
8º- #91 Matrix (Lucas Di Grassi)
9º- #43 GFrio (Marcio Giordano)
10º- #980 MV (Mauricio Melo)
44º – #125 SCUDERIA GP (André Mansano)
48º – #44 SCUDERIA GP (Alfredo Salvaia)

Paddockast #46
OS 10 MELHORES PILOTOS DA DÉCADA

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube