Afastado há duas semanas, Earnhardt avisa que recuperação de possível concussão “vai tomar mais algum tempo”

Dale Earnhardt Jr. segue afastado do #88, ainda sofrendo com sintomas de concussão. Serão pelo menos três corridas longe das pistas, e o veterano deixa claro que não vai acelerar o processo de recuperação: “Não posso levar na brincadeira”

A saga de Dale Earnhardt Jr, que tenta superar a suspeita de concussão que o atormenta há duas semanas, não parece ter fim próximo. O veterano, que já vai perder a terceira corrida seguida por problemas de saúde,  deixa claro que o processo de recuperação vai exigir mais tempo de afastamento do que o previsto.
 
“Esse processo vai tomar mais algum tempo. Não vou desobedecer meus médicos, não importa o que aconteça. Não posso levar isso na brincadeira, com a minha idade e o meu histórico. Definitivamente não preciso me apressar”, explicou Dale Jr.
 
O veterano já perdeu a etapa de New Hampshire, quando Alex Bowman foi convocado de última hora para pilotar o #88. Jeff Gordon foi o escolhido para a etapa de Indianápolis deste domingo (24), e repetirá a dose em Pocono, no próximo fim de semana. De Watkins Glen em diante, tudo é uma incógnita. 
Dale Earnhardt Jr não tem pressa para voltar ao #88 (Foto: Nascar)
“Logo vou fazer outra avaliação para ver onde melhorei, ficar cara a cara com meus médicos para que eles deem uma boa olhada em mim, para que digam como acham que estou. Isso vai ajudar a tomar a decisão sobre o que vamos fazer sobre Watkins Glen”, seguiu.
 
Dale Jr reclama de náuseas e de falta de equilíbrio, dois sintomas que impossibilitam qualquer chance imediata de regressar às pistas.
 
“Você consegue correr com um punho machucado, já vimos Hamlin e outros caras correndo com joelho dolorido. Tem caras que já fizeram coisas incríveis. Já corri com uma escápula quebrada, tem algumas coisas que você consegue tolerar. Mas uma das coisas que não dá é sintoma de concussão. O equilíbrio é uma parte crucial para poder pilotar um carro”, lamentou.
 
Depois de perder duas provas da Nascar, a situação de Dale na classificação da Nascar virou de cabeça para baixo. Antes tido como presença quase certa no Chase, o #88 já está 11 pontos atrás de Kyle Larson, último piloto na zona de classificação. A situação deve ficar ainda pior após Pocono, fazendo Jr ir para o tudo ou nada antes do início do ‘mata-mata’ do certame.
PADDOCK GP #38 VAI A PIRACICABA PARA LANÇAMENTO DA F-INTER

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube