Cindric surpreende e vence Daytona 500 em estreia como titular na Nascar

Novato, Austin Cindric venceu na Nascar pela primeira vez logo na Daytona 500. Piloto derrotou Bubba Wallace por apenas 0s036 na prorrogação e colocou nome na história da prova

AS 10 VEZES QUE A FIA INTERFERIU (E MUITO) NAS CORRIDAS DA FÓRMULA 1

Em sua primeira temporada completa na Nascar Cup Series, Austin Cindric, da Penske, faturou a Daytona 500. Na tradicional prova de abertura do campeonato, realizada na noite do último domingo (20), o piloto de 23 anos derrotou Bubba Wallace, da 23XI, por apenas 0s036 de vantagem na linha de chegada.

Campeão da Xfinity Series em 2020 e vice em 2021, Cindric foi promovido ao carro #2 da Penske para substituir Brad Keselowski como titular em 2022. O piloto já tinha largado em outras sete corridas da Cup Series, e tinha um nono lugar no misto de Indianápolis como melhor resultado.

“Meu Deus, você sabe o que torna isso ainda melhor? A casa cheia. Casa cheia na Daytona 500. Tenho muitas pessoas a agradecer. Primeiramente Roger Penske, feliz aniversário. Gosto muito de ter Ryan como companheiro, é claro que ele queria vencer esta. Todos trabalharam duro nesse carro da nova geração em todo o processo, estou muito feliz. Isso compensa perder o campeonato na última corrida como perdi”, declarou Cindric, relembrando a derrota na Xfinity Series para Daniel Hemric.

Blaney, mencionado por Austin, desafiou o companheiro de Penske nas voltas finais, mas acabou prensado e ficou na quarta colocação, atrás também de Chase Briscoe.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2.

Austin Cindric venceu na Cup Series pela primeira vez (Foto: Nascar)

Aric Almirola foi quinto colocado, seguido por Kyle Busch, Michael McDowell, David Ragan, Brad Keselowski e Chase Elliott. Atual campeão, Larson não completou a corrida depois de se envolver em acidente com Kevin Harvick e Noah Gragson.

Campeão da Fórmula 1 em 1997, o canadense Jacques Villeneuve fechou a participação na Daytona 500 no 22º lugar. O piloto precisou largar do fundo do pelotão por conta de um problema de motor.

A Nascar retorna no próximo domingo (27) com a segunda etapa da temporada, em Fontana.

MICHAEL MASI ESTÁ FORA DA FÓRMULA 1. MAS QUEM SÃO OS SUBSTITUTOS?
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar