Danica descarta Indy e define única meta para temporada 2018: continuar na divisão principal da Nascar

Danica Patrick deixa bem claro: ou segue em busca de vitórias na divisão principal da Nascar, ou vai ficar “sem fazer nada”. A pilota tem futuro incerto após perder a vaga na Stewart-Haas, onde esteve por cinco anos

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;


Fora da Stewart-Haas na temporada 2018, Danica Patrick é uma incógnita no mercado de pilotos. A pilota busca a permanência na Nascar, mas nada indica que um novo acordo para o próximo ano esteja em negociação. Com tudo em aberto, Danica só tem uma certeza: a única alternativa para o futuro é a divisão principal da Nascar.
 
“Se eu não estiver na Cup [divisão principal da Nascar], acho que não vou fazer nada”, comentou. “Meu único objetivo é vencer na Cup, ser uma das poucas que venceu na Cup e na Indy. Se eu perceber que não existe uma possibilidade real de isso acontecer, eu estou andando em círculos”, ponderou.
 
Por tabela, Danica descarta a possibilidade de retorno ao grid da Indy, onde esteve até 2011. A categoria de monopostos foi uma sugestão de Tony Stewart, responsável por trazer Patrick ao mundo da Nascar. A postura ‘Nascar ou nada’ também alimenta a possibilidade de aposentadoria de Danica, que pode simplesmente não encontrar uma vaga que lhe dê condições de sonhar com a vitória.
Danica Patrick só segue pilotando se for na Nascar (Foto: Nascar Media)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Nas últimas semanas Danica foi apontada como candidata à vaga de Paul Menard na equipe Richard Childress. Menard assinou com a Wood Brothers e deixou o carro #27 sem dono. Sobre tal alternativa, Patrick ainda faz mistério.
 
“De vez em quando eu falo com meu empresário, mas não há muito que eu possa fazer. O que importa é o dinheiro e também o que eu quero fazer. Algumas peças estão se mexendo e algumas respostas ainda estão por vir”, encerrou.
 
Danica está em 28º na classificação da temporada 2017 da Nascar. O melhor resultado no ano foi um décimo lugar em Dover.
 
’SOLDADINHO’ DA PENSKE?

CASTRONEVES TEM FALTA DE TÍTULO COMO MANCHA NA CARREIRA  

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube