Dominante, Hornish escapa ileso de corrida repleta de acidentes e vence em Mid-Ohio pela Xfinity

Diversos acidentes marcaram a etapa da Xfinity em Mid-Ohio. Nenhum afetou Sam Hornish Jr., que partiu para sua primeira vitória no circuito. Daniel Hemric, principal adversário de Hornish, cruzou a linha de chegada em segundo

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

A primeira visita da Xfinity a um circuito misto na temporada 2017, neste sábado (12) em Mid-Ohio, acabou sendo marcante. Mesmo em um dia repleto de disputas e ultrapassagens, o que realmente chamou a atenção foi a overdose de acidentes. Com nove bandeiras amarelas, nem todos conseguiram ver a bandeira quadriculada. Dentre aqueles que a viram, um certamente estava em outro nível: Sam Hornish Jr. fez uma prova quase impecável e assegurou a vitória.
 
Hornish até encontrou resistência no promissor Daniel Hemric, que chegou a assumir a liderança momentaneamente na parte final da corrida. Mesmo assim, Sam deu o troco quase imediatamente. Pilotando pela Penske, o veterano garantiu presença no Victory Lane.
Sam Hornish Jr. venceu em Mid-Ohio (Foto: Nascar Media)
Hemric se contentou com o segundo lugar, sendo o melhor dos pilotos regulares da Xfinity. Matt Tifft, que escapou da pista ainda nas primeiras voltas e precisou fazer uma corrida de recuperação, ficou na terceira posição. James Davison, fazendo uma aparição especial com o #20 da Joe Gibbs, foi quarto. Andy Lally fechou o top-5.
 

Relacionadas


google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

A segunda metade do top-10 foi formada por sobreviventes dos vários incidentes. Elliott Sadler, que foi empurrado para a brita por Brennan Poole, acabou em sexto. Brendan Gaughan, que quase levantou voo ao escapar na grama, foi sétimo. Poole foi oitavo. Justin Marks, que rodou e foi acertado com força por Ryan Reed, pintou em nono. Dakoda Armstrong, que também danificou o carro, foi décimo.
 
O resultado não muda drasticamente os rumos do campeonato. Como Hornish não disputa o campeonato inteiro, não se classifica aos playoffs com a vitória. Na briga pelas vagas por pontos, Michael Annett segue como último piloto acima da linha de corte. A vantagem de 34 pontos para Ryan Sieg, todavia, dá algum conforto ao piloto do #5.
 
SE A RENAULT NÃO COLOCAR KUBICA DE VOLTA NA F1, ALGUÉM VAI COLOCAR

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias do GP direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.