Elliott vence no Roval em prova inédita da Nascar com chuva. Kyle Busch é eliminado

Pela primeira vez na história da divisão principal da Nascar, os pneus de chuva foram necessários. Isso embaralhou a prova no roval de Charlotte, mas Chase Elliott voltou a vencer em pista mista. Kyle Busch não reagiu e foi eliminado dos playoffs

O Roval de Charlotte, combinando traçado misto com oval, voltou a render uma prova marcante neste domingo (11). Pela primeira vez na divisão principal, a Nascar competiu com pista molhada e pneus de chuva. As condições chacoalharam o começo de prova, mas não mudaram o resultado final: Chase Elliott confirmou favoritismo e foi ao Victory Lane.

O favoritismo de Elliott no roval se dava ao retrospecto recente em pistas mistas. Essa é a quarta vitória seguida do #9 em traçados com esta configuração, um domínio inusitado. Mas engana-se quem pensa que Chase sobrou em Charlotte: a liderança trocou de mãos repetidas vezes antes de ficar com o piloto da Hendrick no fim. A pista esteve plenamente seca na metade final da disputa, reestabelecendo a divisão de forças esperada. Joey Logano até ensaiou ataque, mas acabou em segundo lugar.

Erik Jones foi terceiro, enquanto Kurt Busch e Ryan Blaney completaram o top-5. Jones e Busch fizeram prova limpa, enquanto Blaney jogou fora uma liderança após escapar para a grama, ainda incrivelmente molhada, e rodar no trecho misto do roval.

Já são quatro vitórias seguidas de Chase Elliott em mistos da Nascar (Foto: Nascar Media)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Apesar de intensa, a prova não teve uma reviravolta nos giros finais. Diversos incidentes aconteciam, com carros rodando, mas nenhum sério a ponto de forçar uma bandeira amarela.

Isso entregou de vez a vitória para Elliott no roval, mas, principalmente, selou o destino de Kyle Busch na temporada 2020. O atual campeão apostou em estratégia ousada para brigar pela vitória, única forma segura de evitar eliminação nos playoffs. A ideia era evitar o pit-stop ao máximo e tirar proveito de uma possível amarela. Não deu certo: sob ameaça de ficar sem combustível, Kyle fez seu pit-stop na penúltima volta, caiu para 30° e encerrou de forma melancólica uma defesa de título pouco brilhante.

Outros três pilotos se despediram do sonho de título em Charlotte. Todos dentro do esperado: Austin Dillon, Clint Bowyer e Aric Almirola começaram já abaixo da linha de corte e de lá não mais saíram. No caso de Bowyer, era a última chance de ser campeão – o veterano deixa o #14 e as pistas, virando comentarista de TV em 2021.

A Nascar parte agora para o Kansas, abrindo a terceira e penúltima fase dos playoffs. Kevin Harvick, Denny Hamlin, Brad Keselowski, Chase Elliott, Joey Logano, Martin Truex Jr., Alex Bowman e Kurt Busch são os oito pilotos em busca de quatro vagas na decisão em Phoenix.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube