Gordon chama atenção para evolução de Kyle Busch, campeão da Nascar, e crava: “Tem mais talento do que eu”

De acordo com Jeff Gordon, Kyle Busch melhorou bastante ao longo dos anos, conseguindo dosar seu ímpeto e alcançando resultados mais expressivos. E isso é suficiente para o #24 cravar que não se considera tão talentoso quando o #18

O novo campeão da Nascar, Kyle Busch, está recebendo uma chuva de elogios por parte de pilotos e dirigentes da categoria. Mas um em particular chamou a atenção: Jeff Gordon, recém-aposentado e candidato à lenda, cravou que não é tão talentoso quando o #18.
 
“É, ele tem mais talento do que eu. A vantagem que eu tinha sobre ele, tão talentoso como ele é, tão rápido quanto ele é, é que às vezes ele não sabia quando parar de levar o carro ao limite”, avaliou Gordon.
 
“Se você conseguir pressionar, você consegue força-lo a passar do limite, já que ele é capaz de chegar tão longe. Mas neste ano eu vi um novo Kyle Busch, um que conseguia se segurar quando precisava, e isso é importante”, seguiu.
Jeff Gordon não foi capaz de bater Kyle Busch em Homestead (Foto: Getty Images)
Gordon foi derrotado por Busch na decisão da Nascar, realizada neste domingo (22) em Homestead. Kyle, depois de perder 11 corridas por uma fratura na perna, conseguiu dar a volta por conquistar uma vitória maiúscula em Miami.
 
E Jeff não parou por aí: o ex-piloto do #24 comparou Kyle com outro multi-campeão da Nascar, Jimmie Johnson. De acordo com o aposentado, o hexacampeão também levou um tempo para dosar seu ímpeto. Mas, quando o fez, engatou cinco taças seguidas.
 
“Já tinha dito isso sobre Jimmie Johnson, quando ele conseguiu seu primeiro campeonato, eu disse ‘se ele conseguir um, fiquem de olho’”, comparou Gordon.
 
“Uma vez que você acredita em si e ganha confiança, você descobre o que é preciso para conseguir as coisas. Você não fica receoso sobre o que está fazendo. Aí precisamos ficar de olho”, finalizou.
 
A carreira de Gordon se encerrou com um sexto lugar em Homestead, suficiente para garantir o terceiro lugar no campeonato. Chase Elliott, pupilo da Hendrick Motorsports e campeão da Xfinity em 2014, vai assumir o #24 em 2016.
 

(function(d, s, id) { var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0]; if (d.getElementById(id)) return; js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = “//connect.facebook.net/pt_BR/sdk.js#xfbml=1&version=v2.3”; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);}(document, ‘script’, ‘facebook-jssdk’));

Lembram-se daquele carro conceito de 2017 que a Ferrari fez no começo do ano? Pois o pessoal da Asseto Corsa trabalhou…

Posted by on 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;

google_ad_slot = “8352893793”;

google_ad_width = 300;

google_ad_height = 250;


function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)<0?n+="px":n,cc.style.display="",s2.width=n,window.frameElement&&(s1.height=c2.offsetHeight+5+"px"),t=500,s1.width="100%"}rs(t)},200)}var c1=window.frameElement?window.frameElement:document.getElementById("crt_ftr"),c2=document.getElementById("crt_ftr"),s1=c1.style;s1.position="fixed",s1.bottom="-4px",s1.left="0px",window.frameElement&&(s1.height="0"),c2.style.textAlign="center",s1.zIndex="60000";var cc=document.getElementById("crt_cls"),s2=cc.parentNode.style;cc.onclick=function(){s1.display="none"};var t=0;rs(0);

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth < 970) ? 302357 : 302359;

document.MAX_ct0 = '';

var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');

var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);

document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube