Nascar suspende indefinidamente Larson após comentário racista em corrida virtual

Kyle Larson fez um comentário racista durante o evento virtual 'Monza Madness', realizado no último domingo (12). A atitude rendeu suspensão da equipe Ganassi e posteriormente da Nascar. Piloto descendente de japoneses é conhecido por entrar na categoria por programa de diversidade

Piloto da Nascar, Kyle Larson foi suspenso por tempo indeterminado pela categoria após um comentário racista durante o evento virtual 'Monza Madness', no último domingo (12). A corrida de eSports reuniu diversos conhecidos pilotos como Josef Newgarden e Tony Kanaan, que utilizavam carros do principal campeonato de turismo dos Estados Unidos.
 
Durante um treino livre, Larson tinha problemas no headset  e não conseguia confirmar se o spotter o ouvia, perguntando no chat de voz em canal aberto a todos, declarou "Can you hear me, nigger?” ("Pode me ouvir, preto?") causando espanto a todos os presentes e foi notificado por um dos participantes que ele todos podiam ouvi-lo. O momento foi flagrado em diversos streamings que aconteciam ao vivo, pelo Twitch. 'Nigger' é considerado um insulto racial e é usado há décadas de forma pejorativa.

Comentário racista pode ser ouvido até no canal de streaming de Josef Newgarden, durante a prova no iRacing. (foto: reprodução).
 
Em nota, a Nascar comunicou que não tolera este tipo de linguagem aplicada por Larson, já que a categoria tem um compromisso com a diversidade. A Ganassi, equipe do piloto na vida real, também anunciou suspensão do seu pagamento.
 
‘Estamos extremamente desapontados pelas palavras de Kyle no evento da noite de ontem, no iRacing. As palavras escolhidas por ele são ofensivas e inaceitáveis. Estamos suspendendo seu pagamento enquanto trabalhamos nesta situação com todos os envolvidos" divulgou a equipe.
 
Kyle tem seis vitórias na Nascar Cup e é um nome conhecido por participar do programa Drive for Diversity, por ser descendente de japoneses. O piloto se manifestou oficialmente nesta segunda-feira.

"Queria me desculpar. Cometi um erro e disse uma palavra que nunca pode ser dita. Não tenho desculpas, não fui criado assim, é algo horrível de se dizer. Me sinto envergonhado pela minha família, amigos, parceiros, a comunidade da Nascar e especialmente a comunidade afro-americana. Sei que esse dano pode ser irreparável e sei disso, mas só quero deixar claro o quão arrependido estou e espero que todos fiquem seguros nesse período maluco", declarou em um vídeo.

Atualização: Em nota, a plataforma de simulação iRacing e o patrocinador de Kyle, Credit One Bank, se manifestaram contra a atitude do piloto. O iRacing divulgou que Larson está suspenso de acessar sua conta na plataforma por tempo indeterminado e o Credit One Bank 'Condena a linguagem altamente ofensiva utilizada por Larson' e 'apoia a rápida ação tomada pela Chip Ganassi e pela NASCAR em suspender Kyle indefinidamente'.

Algumas horas mais tarde, a Chevrolet se manifestou sobre o caso e condenou a atitude do piloto. A montadora afirmou que "suspendemos a relação com Kyle Larson indefinidamente, já que não toleramos esse comportamento. Vamos continuar a monitorar os eventos estamos preparados para tomar novas ações".

Atualização (2): O McDonald's e o Credit One Bank, anunciaram que não mais seguirão com o piloto, devido sua atitude. Em nota, as duas empresas confirmaram que foram cortados os vínculos com Kyle Larson.

 

Paddockast #56
QUEM VAI SER O PRÓXIMO BRASILEIRO NA F1?

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube