Newman é levado para hospital em estado grave, mas não corre risco de morte

Depois de horas angustiantes de espera, a Nascar revelou a situação de Ryan Newman. O piloto lutava pela vitória quando foi acertado por Ryan Blaney nos metros finais, perdeu o controle do carro e capotou. Em seguida, foi acertado em cheio por Corey LaJoie. O norte-americano foi encaminhado para o hospital Halifax Medical Center, em Daytona, mas não corre risco de morte

Ryan Newman está em “estado grave”, mas não corre risco de morte. O piloto norte-americano de 42 anos e que defende a Roush Fenway, sofreu grave acidente no fim das 500 Milhas de Daytona, prova que foi completada na noite desta segunda-feira (17). A informação sobre seu estado de saúde foi publicada horas depois, já na madrugada de terça-feira no Brasil.
 
Newman liderava o pelotão metros antes de cruzar a linha de chegada, quando foi tocado pelo carro de Ryan Blaney, perdeu o controle, bateu no muro e capotou. Em fração de segundos, foi acertado em cheio por Corey LaJoie numa batida em T, a mais temida no automobilismo. A vitória na prova ficou com Denny Hamlin.
 
O carro #6 ficou completamente destruído. E além do grande vazamento de combustível, Newman não conseguiu sair do carro. Só depois de muito tempo foi removido e encaminhado diretamente para um hospital de Daytona Beach, o Halifax Medical Center.
Ryan Newman é retirado do carro após forte acidente em Daytona (Foto: Reprodução)
A Nascar confirmou que o piloto está vivo, “em estado grave”, mas não corre risco de morte.
 
"Ryan Newman está sendo atendido no Halifax Health Medical Center. Ele está em estado grave, mas os médicos indicaram que as lesões não são de risco de vida”, diz o comunicado oficial da categoria.
 
“Agradecemos os pensamentos positivos e as orações e pedimos que respeitem a privacidade do Ryan e de sua família durante este período. Agradecemos a paciência e colaboração de vocês e daremos mais informações assim que elas estiverem disponíveis", completou a Nascar.
 
Nascido em South Bend, em Indiana, Newman tem uma carreira de quase 20 anos na Nascar. Hoje um veterano, formado em engenharia mecânica na Universidade de Purdue, em estreou com 21 anos em 2000 como representante da Penske. Ao todo, foram 18 vitórias conquistadas, sendo a mais emblemática a obtida nas 500 Milhas de Daytona de 2008, ainda quando defendia a equipe de Roger Penske. 
 
Seu melhor ano na Nascar foi em 2014, quando terminou como vice-campeão ao ter sido superado em apenas 1 ponto por Kevin Harvick, perdendo o título por apenas 0s5.
 

Paddockast #48
MELHORES PILOTOS BRASILEIROS DA DÉCADA

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube