Blaney vence corrida All-Star da Nascar pela primeira vez e fatura US$ 1 milhão

Ryan Blaney triunfou pela primeira vez no All-Star Race, corrida da Nascar disputada no último domingo (22) no oval de Fort Worth, no Texas, que não vale pontos para o campeonato. O piloto do carro #12 levou para casa R$ 4,88 milhões

FÓRMULA 1 2022: TUDO SOBRE A VITÓRIA DE MAX VERSTAPPEN NO GP DA ESPANHA DE F1 | Briefing

Pela primeira vez em sua carreira, Ryan Blaney venceu a corrida All-Star da Nascar. No oval de Fort Worth, no Texas, o piloto da Penske triunfou na prova do último domingo (22) – que não vale pontos para o campeonato – e, consequentemente, levou para casa a quantia de US$ 1 milhão (cerca de R$ 4,88 milhões, na cotação atual).

Na prorrogação, Blaney superou Denny Hamlin por apenas 0s266. As doses de emoção não ficaram somente no plano da disputa acirrada: o piloto do carro #12 teve que cruzar a linha de chegada duas vezes para ser coroado vencedor.

OPINIÃO GP
Só quebras tiram chance de bi de Verstappen. Ferrari tem preocupações maiores

Isso porque, na primeira vez em que recebeu a bandeirada, a corrida estava sob regime de bandeira amarela – devido a um incidente envolvendo Ricky Stenhouse Jr. Já sem a rede de proteção e pronto para comemorar com sua equipe, Blaney foi informado de que a direção da Nascar havia analisado em vídeo a situação e determinado a relargada.

Vencedor da All-Star, Ryan Blaney levou grande quantia de dinheiro para casa (Foto: Nascar)

Enquanto os carros davam voltas de preparação para o reinício da prorrogação, Blaney tentava desesperadamente recolocar a rede de proteção com uma mão. Assim que conseguiu, a All-Star foi retomada e, com uma nova chance, o membro da Penske garantiu a vitória.

“Estava prestes a ser muito ruim para nós, pensei que a corrida havia acabado. Todos pensavam que a corrida tinha acabado. Eu já tinha a minha rede de proteção da janela para baixo. Quero agradecer a NASCAR por me deixar consertar. Ter que fazer tudo de novo depois de tentar colocar aquela rede de proteção de volta foi muito difícil”, disse Blaney.

“Mas ótimo carro, todos do grupo do carro #12 fizeram um ótimo trabalho. Eu sei que não é uma corrida que ganha pontos, mas foi muito divertido. A festa vai ser bem grande”, concluiu o vencedor da All-Star.

Duas bandeiradas para vencer (Foto: Nascar)

O segundo colocado Denny Hamlin, por sua vez, não escondeu a insatisfação pela decisão da Nascar de determinar voltas extras na corrida, somente para que Blaney pudesse recolocar a rede de proteção.

“É difícil porque ele (Blaney) merecia vencer a corrida, mas se você errar e quebrar uma regra – não intencionalmente, mas existem regras e temos regras em vigor para segurança… Eu quase bati nele na curva 2 quando fui espremido lá. Se eu mandá-lo para o tráfego e ele não tiver a rede de proteção, o que aconteceria? Felizmente, isso não ocorreu”, esbravejou.

Blaney foi o piloto que mais liderou voltas na corrida All-Star da Nascar, com 84 giros à frente. O piloto do carro #12 também venceu o estágio 3 da prova. A categoria americana volta às ações já na semana que vem, para a etapa mais longa da temporada, em Charlotte.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Escanteio SP.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar