“Sem nenhum arranhão”, carro da Nascar furtado na Geórgia é encontrado abandonado em beira de estrada

O carro da Xtreme que foi furtado do estacionamento de um hotel na Geórgia foi encontrado na manhã deste sábado (28). Veículo foi abandonado pelos ladrões na beira de uma estrada no condado de Gwinnett

Não demorou muito para que a Xtreme recuperasse o carro que foi furtado do estacionamento de um hotel em Morrow, na Geórgia, nas primeiras horas da sexta-feira (27). Pelo Twitter, a equipe anunciou que o carro de Travis Kvapil foi recuperado nesta manhã. 
 
Por conta da subtração do carro — que não tem um substituto —, Kvapil precisou se retirar da disputa da etapa deste fim de semana, que acontece em um circuito oval em Atlanta.
Carro de Travis Kvapil foi recuperado nesta manhã (Foto: Nascar)
 O carro furtado estava dentro de um trailer, junto com um motor Chevrolet reserva e cerca de US$ 17,5 mil (cerca de R$ 49,6 mil) em equipamentos. O trailer foi levado do estacionamento de um hotel por volta das 5h30 da manhã por ladrões que guiavam uma Cherokee prata ou cinza. 
 
A polícia acreditava que os bandidos não sabiam o que realmente tinham roubado e esperava que a carga fosse abandonada uma vez que eles descobrissem que tinham furtado um carro da Cup.
 
No início deste sábado, o carro foi encontrado na beira de uma estrada nas cercanias do condado de Gwinnett. Os moradores da região chamara a polícia, que alertou o time sobre a recuperação do veículo. Falando à agência ‘The Associated Press’, o sargento Larry Oglesy, da polícia de Morrow, confirmou que o carro tinha sido recuperado. 
 
Em fotos postadas nas redes sociais, o #44 — avaliado em US$ 250 mil (aproximadamente R$ 709,5 mil) pelas autoridades policiais — aparece sem nenhum dano aparente, com o time reportando que o carro “estava a caminho de NC [Carolina do Norte] sem nenhum arranhão!”.
 
As fotos, entretanto, não mostram o trailer, o motor reserva do time e os demais equipamentos furtados.
 
A recuperação do carro, porém, chega tarde demais para Kvapil, que não vai mesmo participar da prova em Atlanta.
ESCONDENDO O JOGO?

A Williams foi só a quinta equipe em quilometragem total nos dois primeiros testes da pré-temporada da F1 em 2015, mesmo que seu carro não tenha apresentado nenhum grande problema durante as atividades. Engenheiro-chefe da equipe inglesa, Rod Nelson explicou o porquê de o programa de treinamentos ser mais ‘econômico’ que o da concorrência"Não acho que estamos escondendo o jogo", disse o inglês

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube