Após encontro com homem que recebeu coração de Clauson, noiva se emociona: “Fiquei curada pela primeira vez”

Lauren Stewart viu sua vida mudar totalmente e para sempre na noite de 7 de agosto de 2016, pouco mais de oito meses atrás. Naquela noite, Bryan Clauson, seu noivo, sofreu um acidente grave durante prova em oval de terra. Clauson morreu, mas doou órgãos. E no último sábado, Lauren e a família Clauson foram reencontrar o coração que tão bem conhecem

 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Em 7 de agosto de 2016, numa noite aparentemente comum no Kansas, a vida de Lauren Stewart mudou e seu coração, como ela própria descreveu, "se partiu". E para sempre. O noivo de Lauren, Bryan Clauson, um dos maiores pilotos de carros de corrida em ovais de terra de sua geração, morreu em um acidente na Belleville Midget Nationals, prova que já havia vencido em três outras oportunidades. Clauson sofreu morte cerebral, mas foi doador de órgãos. E no último sábado, depois dos oito meses mais aterradores de sua vida, Lauren conheceu Dan e voltou a ver bater o coração que tanto amou. 

 

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);
Junto da família de Bryan, Lauren foi a Omaha, no estado norte-americano de Nebraska, para encontrar o homem que herdou o coração de Clauson, que tinha apenas 27 anos. Dan 'the Heart Man – O Homem do Coração' foi identificado apenas como um veterano do exército dos Estados Unidos e por uma foto postada por Lauren. O encontro foi revelado por ela em post no blog pessoal que mantém – mas que foi desativado pouco depois – e em suas contas de redes sociais.

 
"Meu coração ficou completo, explodindo e lotado de amor. Ontem à noite meu coração estava curado pela primeira vez em oito meses. Meu coração ficou feliz, porque eu pude sentir e escutar o batimento do coração de Bryan novamente. O coração de Bryan está vivendo e batendo dentro de Dan 'o Homem do Coração'", disse.
Lauren e a família Clauson conhecem Dan, o homem salvo pelo coração de Bryan (Foto: Reprodução/Twitter)
Então Lauren contou como não achou que conhecer a pessoa que ficou o coração de seu noivo seria algo significativo para ela. Foi para acompanhar a família, mas toda a apreensão pelo desconhecido se foi na hora em que abraçou Dan. 
 
"Eu não queria conhecer Dan. No começo eu até queria, mas no último mês, mais ou menos, decidi que não queria fazer a viagem para Omaha. Estava fazendo pela minha família, especialmente pela mãe de Bryan. Eu queria estar aqui para dar o suporte que venho recebendo deles nos últimos oito meses", contou.
 
"Eu estava assustada. Ansiosa. Nervosa. Tudo isso. Mas a razão real pela qual eu não queria conhecer Dan era simples: ele não era Bryan", lembrou.
 
"Quando Dan conta a história de sua vida, ele tem um jeito de fazer parecer quase chata (mas não me engana!), quase como alguém que eu conheci. Bryan sempre diminuía sua carreira e seus feitos, especialmente quando falava com pessoas que estava conhecendo. Nesse sentido, Dan me lembra muito de B."
 
Lauren e a família Clauson ganharam um alento. Seu filho e noivo, fez sua morte salvar a vida de outras pessoas. Um herói de verdade, não daqueles que tão comumente as pessoas acreditam que o esporte forma.
 
Dan tem um novo apelido para o coração que bate em seu peito. Chama Bryan.

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)<0?n+="px":n,cc.style.display="",s2.width=n,window.frameElement&&(s1.height=c2.offsetHeight+5+"px"),t=500,s1.width="100%"}rs(t)},200)}var c1=window.frameElement?window.frameElement:document.getElementById("crt_ftr"),c2=document.getElementById("crt_ftr"),s1=c1.style;s1.position="fixed",s1.bottom="-4px",s1.left="0px",window.frameElement&&(s1.height="0"),c2.style.textAlign="center",s1.zIndex="60000";var cc=document.getElementById("crt_cls"),s2=cc.parentNode.style;cc.onclick=function(){s1.display="none"};var t=0;rs(0);

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth < 970) ? 302357 : 302359;
document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube