Com ultrapassagem no fim, Bernstorff assume liderança e rouba vitória de Ocon na primeira corrida da GP3 em Monza

Esteban Ocon liderou 21 das 22 voltas da primeira corrida da GP3 em Monza. Mas isso não foi sinônimo de vitória: o francês foi ultrapassado na penúltima volta por Emil Bernstorff, entregando o que acabou sendo a segunda vitória do francês em 2015. O resultado, combinado com o abandono de Luca Ghiotto, embolou a briga pelo título

Monza tem o ótimo hábito de providenciar boas corridas. E essa regra valeu para a corrida 1 da GP3 em Monza, disputada neste sábado (5): depois de liderar a corrida inteira, Esteban Ocon perdeu a ponta para Emil Bernstorff na penúltima volta, em uma disputa que também contou com a bela ultrapassagem de Kevin Ceccon sobre Matthew Parry, garantindo o último posto do pódio.
 
Mas é inegável que a estrela da tarde foi Bernstorff. Emil terminou a primeira volta em quinto. Uma série de ultrapassagens agressivas – na ordem, sobre Marvin Kirchhöfer, Ceccon, Parry e Ocon – resolveu os problemas do inglês, que venceu pela segunda vez no ano.
Bernstorff guiou muito bem em Monza, vencendo a segunda em 2015 (Foto: GP3)
O segundo lugar de Ocon – sexto consecutivo – não foi de todo ruim. O resultado – combinado com o abandono de Luca Ghiotto, por problemas mecânicos – colocou o atual campeão da F3 Europeia mais próximo do italiano na briga pelo título da GP3. Agora, Esteban tem 14 pontos a menos.
 
A próxima corrida da GP3 será disputada neste domingo (6), como prévia para o GP da Itália de F1, em Monza. O pole será Álex Palou, que terminou a corrida 1 em oitavo.
 
Saiba como foi a corrida 1 da GP3 em Monza
 
A corrida começou muito mal para Luca Ghiotto. O pole ficou parado no grid, demorando muito para largar. Com isso, Esteban Ocon tomou a ponta, trazendo Matthew Parry nos retrovisores.
 
Enquanto isso, a primeira volta se desenvolvia de forma caótica. Marvin Kirchhöfer decolou em uma zebra, mas sem danos ao carro. Na sequência, Antonio Fuoco era tocado, rodando e batendo no guard-rail da Lesmo. No fim do giro, Ghiotto foi aos boxes e abandonou.
 
Com três voltas completas, o pódio era formado por Ocon, Parry e Kevin Ceccon. Logo atrás, Kirchhöfer, segurava Emil Bernstorff e Jimmy Eriksson. Seb Morris, Mathéo Tuscher, Álex Palou e Ralph Boschung fechavam a zona de pontos.
 
A disputa pelo quarto lugar ficava cada vez mais intensa. Bernstorff conseguiu fazer uma manobra sobre Kirchhöfer na segunda chicane, levando o troco na Lesmo.
 
Apenas na nona volta Bernstorff concretizou a manobra. E Kirchhöfer não parecia capaz de acompanhar Emil, logo sendo pressionado por Eriksson.
 
Ocon seguia líder, mas Parry se aproximava cada vez mais do francês. A dupla se afastava de Ceccon e preparava o palco para uma briga pela vitória.
 
Ceccon, aliás, vinha com tantas dificuldades que logo foi alcançado por Bernstorff, seu companheiro de equipe. Fritando os pneus, Emil assumiu o terceiro lugar.
 
Mesmo as posições intermediárias garantiam disputas acirradas. Morris, sétimo, foi ultrapassado por um agressivo Tuscher. Tentando dar o troco, Seb perdeu uma parte do bico. Na sequência, Palou também fez a manobra, tomando o oitavo lugar.
 
Bernstorff não parava de voar. O inglês não tardou em alcançar Parry – que já não conseguia acompanhar Ocon –, fazendo uma ultrapassagem rapidamente. Agora em segundo, Emil logo chegaria ao líder.
 
Com duas voltas para o fim, os quatro primeiros vinham muito próximos.
 
E as longas retas trataram de providenciar duas ultrapassagens cruciais. Na segunda chicane, Bernstorff fritou os pneus para ultrapassar Ocon. Agora líder, não perderia mais a ponta. Pouco depois, Ceccon fez praticamente a mesma manobra sobre Parry, tomando o último posto do pódio.

GP3, Monza, corrida 1, final:

1 EMIL BERNSTORFF ING ARDEN 37:06.696 22 voltas
2 ESTEBAN OCON FRA ART +0.987  
3 KEVIN CECCON ITA ARDEN +2.374  
4 MATT PARRY ING KOIRANEN +2.452  
5 MARVIN KIRCHHOFER ALE ART +6.555  
6 JIMMY ERIKSSON SUE KOIRANEN +9.206  
7 MATHÉO TUSCHER SUI JENZER +15.209  
8 ÁLEX PALOU ESP CAMPOS +16.408  
9 ALEX FONTANA SUI STATUS +22.645  
10 SEB MORRIS ING STATUS +23.745  
11 RALPH BOSCHUNG SUI JENZER +23.891  
12 MITCHELL GILBERT AUS CARLIN +25.038  
13 SANDY STUVIK TAI STATUS +25.365  
14 BRANDON MAISANO FRA CAMPOS +38.943  
15 ZAID ASHKANANI KUW CAMPOS +31.713  
16 AMAURY BONDUEL FRA TRIDENT +38.943  
17 ALEKSANDER BOSAK POL ARDEN +1:09.130  
18 ARTUR JANOSZ POL TRIDENT +2 voltas  
  PAL VÅRHAUG NOR JENZER +21 voltas NC
  ANTONIO FUOCO ITA CARLIN +21 voltas NC
  LUCA GHIOTTO ITA TRIDENT +22 voltas NC

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube